7 de setembro: roteiros para viajar na história do Brasil e curtir o feriadão

Cidades coloniais no Rio e a Costa do Descobrimento na Bahia recontam o passado do país em meio a paisagens surpreendentes

São Francisco do Sul. Foto Salmo Duarte

Um dos maiores prazeres de uma viagem é conhecer um pouco da história local, e o Brasil, com seu extenso território, oferece várias opções de destinos para quem quer aprender mais sobre o país. Aproveitando o clima de celebração de 7 de setembro, listamos roteiros para quem quer redescobrir o Brasil através do turismo.

São Francisco do Sul, Santa Catarina

São Francisco do Sul é umas das cidades mais charmosas de Santa Catarina, com mais de 400 imóveis tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Ela oferece para moradores e turistas a história do Brasil e do Estado, concentrada no Centro Histórico, ao mesmo tempo que pode-se passear por praias, cachoeiras, manguezais, dunas, restingas, lagoas e florestas de Mata Atlântica.

Segundo informações da Santur, a cidade – um dos pontos turísticos mais procurados de SC – foi ocupada em 1504 quando o navegador francês Binot Paulmier de Gonneville passou pelo local. Apenas um século depois, em 1658, é que os portugueses colonizaram a região e fundaram o povoado, que ganhou o nome de Nossa Senhora da Graça de São Francisco do Sul.

Tendência de viagem: Portugal é escolhido o melhor destino turístico do mundo

Costa do Descobrimento, Bahia

CLUB MED / TRANCOSO / BAHIA
DIVULGAÇÃO

Se em 1500, as caravelas de Pedro Álvares Cabral foram as primeiras a aportar na Bahia, hoje o destino é consagrado como uma das regiões mais belas e desejadas do país. Foi em Porto Seguro que a colonização no Brasil se iniciou. A rota pela Costa do Descobrimento, tombada como Patrimônio Natural Mundial pela Unesco,inclui o Marco do Descobrimento e o Museu de Porto Seguro e as paradisíacas Arraial D’Ajuda e Trancoso.

Para quem quiser mergulhar na história da cultura indígena da região, a Pousada Tutabel, em Trancoso, oferece a experiência de conhecer uma aldeia Pataxó. A visita é uma parceria com a Aldeia da Caldeira e conta com palestra, tour pelas ocas, degustação de peixe e a possibilidade de pernoite.

A exuberante Mata Atlântica, que surpreendeu os primeiros portugueses a chegar no Brasil, também pode ser observada na Reserva Particular do Patrimônio Natural Rio do Brasil, uma área de 975 hectaresrestaurada pelos proprietários da Pousada. O Rio do Brasil foi o primeiro a ser mapeado no país, em 1502, e pode ser percorrido em um tour de caiaque.

Uma viagem pelos melhores destinos de Portugal e Espanha

Cidades Históricas, Rio de Janeiro

Ascom/Ibram, divulgação

Já o Rio de Janeiro, capital nacional entre 1763 e 1960, preserva as ruas de pedras e os casarões, que transportam os turistas a um passado distante.

Com a capital do Brasil sendo transferida de Salvador para o Rio de Janeiro, as cidades cariocas ganharam destaque. O clima ameno da região serrana conquistou Dom Pedro II, que coroou Petrópolis com um refúgio de verão para a corte portuguesa. O casarão hoje abriga o Museu Imperial e guarda relíquias do Segundo Reinado (1840-1889), como joias, móveis e documentos.

É também em um casarão construído em 1875 que está o Hotel Solar do Império. Logo na entrada, as imponentes colunas neoclássicas e os jardins surpreendem. O chá da tarde no restaurante Imperatriz Leopoldina e o café da manhã, servido a qualquer hora do dia, são um dos destaques. A localização privilegiada coloca alguma das principais atrações da cidade a uma pequena caminhada do hotel.

Já Paraty foi fundada em 1667 e rapidamente se tornou um polo econômico. A cidade se desenvolveu no entorno da Igreja de Nossa Senhora dos Remédios e ainda hoje preserva as construções que marcaram época, com ruas de pedras irregulares e casarios coloridos.

Cercada por uma densa mata, Paraty guarda trilhas abertas nos séculos 18 e 19 e que levam para inúmeras cachoeiras. A cidade também é ponto de partida para deliciosos passeios de barco em direção a ilhas e praias da região, como Trindade, Ilha do Araújo e Ilha dos Cocos.

Casal transforma roteiro de viagem em série de TV