A moda transcende: Confira criações românticas e sensuais cheias de nostalgia

As cores, predominando os tons pastel, claros, bege e nude, fazem parte do closet feminino

Fotos: Dari Luz/Divulgação

O romantismo jamais saiu de moda. Retornando a 1820 e 1840, onde o foco foi exaltar valores tradicionais e exibir os poderes materiais da burguesia, Paris e Londres eram as capitais europeias em evidência deste período. A primeira se preocupava com a vida na cidade e a segunda com o campo, e esse era o lifestyle das meninas que marcaram época na era romântica. As cores, predominando os tons pastel, claros, bege e nude, fizeram parte do closet feminino, além do uso de tecidos estampados especialmente com flores ou listras no lugar dos lisos. Por volta de 1820, os vestidos voltaram a ter um corte na cintura e, efetivamente, ficaram lembrados pelo uso do espartilho. Babados e ornamentos em geral eram tendência.

Estampa Vichy

Bolsa Jorge Bischoff para Strass, saia e blusa em estampa Vichy Vintage para Loja Maria Cláudia

Vira e mexe ela reaparece! Sei que no romantismo as listras é que estavam na moda, mas eu quis inovar e achei que a Vichy deu o ar de modernidade que eu queria na coluna. Mesmo às vezes sendo associada ao ambiente doméstico, toalhas de mesa e a piqueniques, é uma estampa clássica, quase sempre em alta. Celebridades adoram, assim como blogueiros de moda, e marcas vendem em milhares de variantes, todas coloridas, originais e desejáveis! Como um vestido de verão, uma saia para combinar com um top, igualzinho a este que usei na produção, para um look de noite ou como acessório. Já vi vários deles! Brincos, sapatos, bolsas…

O nome é de origem francesa e, segundo consta, é proveniente da região de Vichy. Quando originalmente importado para a Europa, no século 17, o Vichy ou Gingham era um tecido listrado. Agora é conhecido por seu padrão xadrez inconfundível.

Arte floral

Vestido Beside para Strass e sapatos Capodarte para Strass, flores Juliana Hames

Liguei para a designer floral Juliana Hames no fim de semana para fotografarmos esta coluna na segunda-feira. Não quis usar joias ou bijuterias, e minha ideia era confeccionar “os colares, anéis e pulseiras” no local e com flores naturais. Pedido feito, pedido atendido! Há 26 anos a Ju atua na área de designer floral. Aos 17 foi para a Europa se especializar e aos 23 já ministrava cursos na área. Com estilo orgânico, preservando as formas mais naturais, ela trabalha com decoração de eventos e também ensinando sua arte, que segundo ela, é a sua vida. Em 2016 representou o Brasil no Canadá numa competição de arte floral e trouxe o título de campeã para Santa Catarina. Ela ministra cursos na sua escola batizada de Centro de Artes Criativas, em Florianópolis.

Para inspirar nossos daydreams

Vestido ATEEN para Loja Danna, flores Juliana Hames

Já sabemos que as grifes internacionais e apresentadas nas Semanas de Moda é que inspiram marcas mundo à fora. Precisamos ficar ligadas em tudo, mesmo antes de chegar aqui no Brasil. De Paris, Milão e Nova Iorque, escolhi cinco designers que colocaram nas passarelas, neste ano, coleções muito românticas, talvez as mais do ano!

Valentino: É incomparável em seu ofício. Inacreditavelmente, ele parece fazer as mulheres parecerem criaturas de ficção míticas e belas. Em seu desfile de alta costura de 2018, usou uma combinação de materiais etéreos em diferentes tons para inspirar silhuetas femininas e poderosas.
Rodarte: As Irmãs Mulleavy têm o dom de criar os vestidos mais bonitos e românticos do universo. Que cenário melhor do que milhares de buquês para criar um desfile de sonho no Rodarte Haute Couture, que ocorreu recentemente em Paris? Lembra da minha primeira coluna aqui na Versar, em que destaquei os arranjos de flores na cabeça? Totalmente Rodarte.
Elie Saab: O designer libanês não economiza quando o assunto é celebrar a forma feminina. Conhecido por seus vestidos de casamento de outros mundos e acessórios ultraluxuosos, Saab tem elaborado os vestidos mais românticos e bonitos desde os anos 1990. Sua coleção verão 2018 é uma mistura de cetins, rendas e lindos bordados.
Gucci: Sensível e nostálgico, Alessandro Michele deu vida à reminiscência de uma história de amor dos anos 1980. Cores arrojadas e tecidos contrastantes
criaram uma coleção romântica e luxuosa.
Chanel: Esta lista não estaria completa sem a Chanel. Alguma vez houve uma marca que pudesse capturar a beleza da feminilidade da mesma maneira que esta marca francesa? A coleção Haute Couture verão 2018 não é uma exceção. Com um cenário que se parece com algo de um filme, as roupas elaboradas ainda são suaves e femininas.

A mais romântica

Vestido Maria Filó

Vestidos folgados e assimétricos foram abundantes nas primeiras filas da Self Portrait, marca britânica fundada pelo malasiano Han Chong. A Self Portrait aterrissou no mapa da moda para ser um dos nomes lembrados pelas fashionistas e bem vestidas como Olivia Palermo e Pippa Middleton, irmã da Duquesa de Cambridge, Kate. A textura das roupas é sempre fundamental e, na última temporada, Chong encantou a plateia com estampas gráficas florais e geométricas combinadas com crochê e renda. Inspirados por um feriado recente em Ibiza, os vestidos de kaftan fluíam ao longo da passarela, usados tanto soltos quanto apertados na cintura para criar curvas.

Maneiras de usar o estilo romântico

Vestido Renata Figueiredo para Tida e flores Juliana Hames
Vestido Fernè e óculos Chloé para Mint Premium Óptica

1- Em caso de dúvida, opte pelo tom pastel, que é a maneira mais simples de começar a entrar na vibe sem ficar com cara de bebê. Procure paletas de cores em azul claro, rosa suave, creme, lavanda.

2 – Tudo é uma questão de detalhe! Bordados delicados são um sinal inegável de que você está entrando em território romântico. Mantenha seus acessórios ladylike com uma simples pulseira de ouro.

3 – Procure silhuetas femininas. Um cinto fininho na cintura dá a quantidade certa de feminilidade e enfatiza suas curvas. Cubra o visual com um cardigã branco transparente e sandálias simples de couro.

4 – Use rendas! Não há nada mais sexy, sem ser vulgar. Adoro abusar deste visual mostra aqui, tapa ali. Mantenha seus sapatos neutros.

5 – Não tenha medo de brincar com as texturas. Sinta-se à vontade para misturar e combinar texturas e algumas estampas florais. Combine rendas elegantes com denim branco mais áspero.

PARTICIPARAM DESTE EDITORIAL:

Produção executiva, produção, styling, pesquisa de moda: Lise Crippa
Fotos e tratamento de fotos: Dari Luz
Produção de cena: Larissa Maldaner
Beleza: Larissa Maldaner
Locação: Estúdio B – NSC
Agradecimento especial: Juliana Hames Designer Floral
Modelo: Sofia Pisani – L´equipe Model Floripa
Marcas participantes: ATEEN, Beside, Chloé, Capodarte, Loja Danna, Fernè, Jorge Bischoff, Loja Maria Claúdia, Mint Premium Optica, Maria Filó, Renata Figueiredo, Strass Acessórios e Roupas, Tida, Vintage, Kotzias Tecidos (tecidos dos cenários).

Leia também:

Pin-up moderna: Estilo está de volta e em alta na moda praia

Leia mais colunas de Lise Crippa