Acredito mesmo que as boas sogras são maioria

Foto: Pexels

 

“Qual a diferença entre a cobra e sogra?” perguntou um piadista, para responder alguns segundos depois: “Nem toda cobra é venenosa”. Dizem que toda piada tem um fundo de verdade mas também acredito que todo senso comum tem um pouco de exagero. Percebo a dificuldade que uma mãe tem em lidar com a chegada de um ou uma concorrente, mas tenho a impressão de que é muito mais folclore do que realidade. Seguidamente, quando digo que moro na mesma cidade que minha sogra recebo olhar de pesar e um sorriso maroto do interlocutor. Tenho sempre que dizer, como um alerta antes que venham piadas: “Eu adoro minha sogra”.

Lamentavelmente, um homem que ama sua sogra tem sempre que estar se justificando. “Ela é ótima”, ou “dei sorte!”. Acredito mesmo que as boas sogras são maioria. Quem tem sogras ruins é que deu azar. Por padrão, se você escolheu um bom cônjuge, provavelmente será agraciado com uma boa sogra, uma variação mais vivida e sábia da pessoa que escolheu para estar ao seu lado até o fim da vida. Uma sogra será sempre maravilhosa quando seu marido ou esposa é também maravilhoso. A fruta não cai longe do pé.

Faz dois anos que decidimos nos mudar e morar na cidade natal da Ana. Temos, aqui, uma família estendida. Tios, primos e avós que em um momento de aperto ficam com minhas filhas e abrem a porta do apartamento pra gente quando perdemos nossas chaves. Pela primeira vez na minha vida, depois de uma infância distante dos meus avós e de uma década em Porto Alegre longe de todos os familiares, tenho o que se pode chamar de uma família grande. E, claro, sempre por perto está ela: minha sogra.

Agora, avaliem se esta senhora não é maravilhosa: ela acaba de passar quatro meses costurando uma blusa de lã para me dar de presente; sempre que nos visita trás pão caseiro e sempre que a visitamos oferece bolos deliciosos; lembra da minha comida favorita e sempre que pode a prepara nos almoços de domingo; cuida das minhas filhas quando eu e minha esposa temos compromissos profissionais e ensina-as a cozinhar e fazer tricô.

As sogras, apesar das piadinhas, são um presente que a vida dá para todos os que encontraram uma alma gêmea. Quando temos uma mãe amorosa e inspiradora temos que agradecer. Quando ganhamos outra ao longo da vida temos que ser duplamente agradecidos.

Leia mais de Marcos Piangers:
Quais os valores que você quer passar para suas filhas?
É preciso ver os momentos difíceis também com positividade
Você sabe, o “obrigado” está em desuso. Agora é “gratidão”