Arquiteto lista cinco pontos importantes para quem vai começar uma reforma

Foto divulgação

Comece a reforma tranquilo!

Sempre ouvimos as pessoas falando: “Você vai reformar? Prepare-se para gastar demais ou passar muito estresse”. Claro que uma reforma sempre é algo complicado, mas dá para ficar mais fácil se você seguir algumas dicas simples. O arquiteto Ivan Cassola listou algumas dicas para se levar em conta antes de iniciar toda a movimentação:

1 – Atenção nos detalhes antes de começar

Não importa se for a reforma de um banheiro ou de todos os ambientes da casa. Prever os detalhes, desde uma simples tomada até qual o móvel mais adequado, é fundamental para evitar surpresas. Faça uma lista de todos os desejos para verificar se encaixam no orçamento e, se não couber, foque nas prioridades. Por exemplo, o que é mais importante, um móvel decorativo mais caro ou quebrar uma parede para ganhar mais espaço? Um profissional pode orientar sobre qual a maneira mais adequada de investir seu dinheiro para obter os melhores resultados. Contar com um projeto de interiores na hora de reformar vai fazer você economizar na obra e não ter retrabalho.

2 – Pesquise bem os materiais

Existe uma quantidade enorme de materiais que você pode utilizar na reforma e isso pode ser determinante na economia. Pesquise as opções que sigam uma linha que agrade aos seus olhos e ao bolso. Evite as escolhas somente baseadas no preço, se depois de instalado você não gostar do resultado, ou vai conviver com algo que não gosta, ou vai ter que gastar mais para refazer o serviço.

3 – Reaproveite

Sabe aquele armário que está bem feio? Se trocar as portas e pintar o acabamento interno, ele pode ficar com cara de novo e gastando muito menos do que se comprasse um inteiramente novo. Isso é possível fazer com diversos móveis da sua casa como mesas, cadeiras, sofá e etc.

4 – Atenção ao “faça você mesmo”

Quer trocar o seu piso ou instalar uma nova luminária? Pois é, acredite, não é tão simples assim. Apesar dos inúmeros tutoriais na internet, é preciso prestar bastante atenção. A não ser que tenha alguma experiência com as ferramentas necessárias ou já tenha feito antes, não é recomendável fazer uma reforma sozinho. As chances de acabar gastando muito mais do que se tivesse contratado um profissional são enormes, além do risco de acabar se machucando.

5 – Fique de olho na mão de obra

Uma dica importante nessa hora é conferir se o orçamento contém todos os itens que você pediu. Além disso, cabe uma pesquisa bem minuciosa sobre outros trabalhos realizados pela empresa e, sempre deixe uma boa parte do pagamento atrelado a entrega do serviço. Muitas vezes a empresa cobra barato demais e acaba sumindo ou pedindo mais dinheiro durante o serviço. Nesse caso o prejuízo é certo.