Alimentação natural x caseira para pets: entenda a diferença

alimentação pet
Foto: FreePiks

A alimentação natural é uma nova alternativa para quem deseja abandonar a ração tradicional e oferecer alimentos mais frescos e saudáveis para os pets. O número de adeptos desse método já é grande e a desinformação sobre o assunto leva muitas pessoas a fornecer comida caseira para seus bichos, achando que assim estão seguindo corretamente essa tendência.

Leia também: Vira-latas: os pets mais amados pelos brasileiros

A grande diferença nesses casos está no preparo da refeição, que quando natural deve ser balanceada e desenvolvida para fornecer os nutrientes necessários para a saúde do animal, diferente do alimento feito em casa sem nenhum estudo prévio.

— A alimentação natural não pode ser confundida de forma alguma com a comida caseira. Não é simplesmente colocar os alimentos na panela e cozinhar —, afirma o Dr. Jorge Morais, fundador da rede Animal Place.

Hoje, o mercado oferece dois tipos de serviços para alimentação natural, sendo eles os alimentos congelados e embalados a vácuo, e os alimentos desidratados, que precisam ser reconstituídos com água. Também já é possível encontrar cursos de culinária animal, que ensinam informações fundamentais sobre nutrição e suplementação, seguindo exatamente as características de cada bicho ou raça.

— A alimentação natural, se não administrada corretamente, pode levar o animal a desenvolver anemia ou outras doenças — , afirma o Dr. Jorge.

Leia também: Cães e gatos também doam sangue: saiba como é o procedimento entre pets