Dicas de alimentos que aliam praticidade e saúde

Foto: Marco Favero

Cada vez mais as pessoas vêm tomando a decisão de melhorar a sua rotina alimentar e aumentar a pratica de atividade física. Ao mesmo tempo, precisam de praticidade pois a vida está super corrida. É trabalho, cuidar da casa, cozinhar, dar atenção para os filhos ou estudar para a faculdade, tudo em um dia só!

Por esse motivo, os alimentos industrializados vêm ganhando mais espaço na casa dos brasileiros (e do mundo). No entanto, essa praticidade tem custado bem caro para a nossa saúde. Taxas de diabetes, obesidade e hipertensão estão cada vez mais altas. Mas o que fazer para aliar praticidade e saúde?

A principal dica é ter uma lista de ingredientes em casa que sejam coringas e que te permitam preparar refeições fáceis e rápidas. Te damos alguns exemplos do que você não pode deixar de ter em casa:

· Ovos: tenha ovos cozidos na geladeira. Mantenha-os com a casca para poder conservá-los por três dias sem nenhum comprometimento nutricional nem microbiológico. Além disso, os ovos crus na geladeira podem se transformar em omeletes, panquecas, crepiocas, ovos mexidos e muito mais!

· Frutas já picadas: vá na feira, chegue em casa e já higienize e porcione as frutas. Coloque um pouco na geladeira para ir comendo na semana, e um pouco no freezer. As frutinhas congeladas vão lhe render deliciosos sorvetinhos naturais, batidas deliciosas e também podem ser utilizadas em receitinhas de bolinhos saudáveis.

Picolé com pedaço de frutas – Foto Renata Diem, divulgação

· Farinha de aveia, farinha integral, farinha de linhaça, aveia em flocos: São cereais integrais cheios de fibra. A linhaça e a chia são sementes que você pode transformar em farinha, colocar por cima das frutinhas, adicionar em bolinhos e panquecas. Juntando o ovo com as farinhas, você faz panquequinhas e bolinhos. Esses bolinhos que você faz para um café da tarde, podem ser congelados e armazenados no freezer por até 90 dias, dessa forma terá sempre diversos muffins prontinhos para serem consumidos.

· Barrinhas de fruta como as da Hart’s Natural e saquinhos porcionados de frutos secos como tâmaras, uvas passas, damasco seco, nozes, castanhas e sementes também ajudam nos momentos de fominha no meio da manhã ou da tarde.

· Saladinhas no pote: um pé de alface, cenoura ralada, tomate cereja, azeitonas, queijo branco, beterraba, grão de bico ou lentilha, brotos de feijão, rúcula ou qualquer vegetal da sua preferência, rendem uma deliciosa salada no pote. As saladas podem ser preparadas em um único dia e armazenadas na geladeira para consumo. Você só precisa colocar os ingredientes na ordem certa. Veja só como:

1. Coloque o molho de sua preferência: mostarda dijon com azeite de oliva, só azeite de oliva, u“maionese” de abacate, pesto, molho de iogurte natural, etc.

2. Coloque vegetais como cenoura, beterraba, pepino, grãos como lentilha, grão de bico, feijão branco, ervilha e também queijo minas.

3. Na terceira camada, pode colocar tomate cereja, palmito, brócolis, castanhas e azeitonas.

4. Finalmente vão as folhas como rúcula, alface, agrião, etc.

Esperamos que as nossas dicas da semana te ajudem a organizar a rotina alimentar de um jeito prático, fácil e delicioso!

Leia mais:

Novos hábitos podem fazer do seu 2020 um ano mais saudável

Alimentação nas férias: como fazer boas escolhas e manter uma dieta equilibrada

O que comer na praia? Confira dicas para não errar na escolha