Alok retorna para SC para uma apresentação no feriado de Corpus Christi

Na quinta-feira, um dos melhores dj’s do mundo desembarca em Floripa para mais um show no parador de praia, em Jurerê Internacional. Sócio do Clube NSC tem 20% de desconto na compra do ingresso antecipado

alok
Foto: Divulgação

O único brasileiro a figurar no ranking dos 100 melhores dj’s do mundo pela revista Billboard pelo segundo ano consecutivo, Alok desembarca em Floripa para mais um show no P12 Parador Internacional e comanda a noite de quinta-feira de feriado de Corpus Christi, 20 de junho, do parador de praia mais famoso do Brasil.

Sócio e acompanhante do Clube NSC tem desconto de 20% na compra do ingresso antecipado, no local em horário comercial.

O dj goiano também é o 13º na lista de melhores dj’s do mundo da revista DJ Mag, especializada em música eletrônica. Criado no meio da música eletrônica, Alok iniciou a carreira aos 10 anos de idade, os pais Ekanta Jake Peres e Juarez Achkar Petrillo, ambos DJ’s conhecidos como Ekanta e Swarup, foram e são as principais referências do artista. Em constante evolução, Alok é pioneiro do Brazilian Bass, fundindo elementos e influências que mesclam pegadas de techno e house, trazendo ainda vocais ao vivo e uma grande produção para o show no P12.

Atitudes traduzidas em fortes basslines trazem a certeza de que Alok é o mais forte nome representando o cenário nacional e internacional. Atualmente é o artista brasileiro mais escutado no mundo. Em 2016, Alok percorreu vários países em todos os continentes, além de tocar nos maiores festivais e eventos espalhando seu estilo popularmente chamado de “Brazilian Bass”.

Em entrevista, por e-mail, o DJ conversou com a Revista Versar e contou um pouco sobre suas mais recentes parceiras, sobre o reconhecimento profissional e a vida de casado – Alok e Romana Novaes se casaram em janeiro aos pés do Cristo Redentor. Confira:

 

Você tem nome forte no cenário da música eletrônica e está entre os 100 melhores Djs do mundo segundo a revista Billboard. Qual a importância desse reconhecimento para um brasileiro?

É fruto de muito trabalho. Agradeço muito pela fase atual, vejo que é resultado de tudo que eu sempre acreditei, colocando sempre os pés no chão e também contando com uma equipe de excelentes profissionais em sintonia.

 

Santa Catarina tem grande destaque no cenário da música eletrônica, você que viaja o mundo como descreve a cena eletrônica do nosso estado?

Acho que no Brasil a cena eletrônica sempre foi muito ativa e com a exposição principalmente nos grandes festivais e festas populares, outros públicos tiveram acesso. E, sobre Santa Catarina em específico, é um lugar que sempre teve muito espaço pro segmento e isso está numa crescente, o que fortalece muito para os próximos anos.

 

Você acabou de lançar uma parceria internacional com o DJ e produtor holandês Quintino, como foi essa parceria? E quais outras parcerias internacionais está prevendo para 2019?

É minha primeira vez colaborando com o Quintino e posso dizer que tivemos muita sinergia nessa produção. A música tem esse estilo mais pista e espero que as pessoas se divirtam tanto quanto nós, o Quintino e eu, nos divertimos para criá-la.

 

No Brasil, a sua parceria com a Anitta está sendo muito aguardada. Você mesmo já falou que é um dos seus maiores trabalhos. A música estava prevista para ser lançada em maio deste ano, mas ainda não foi divulgada. Quando o público vai poder conhecer esse trabalho?

Espero que em breve (risos), porque acho que a galera vai curtir muito.

 

Recentemente também fez uma versão de uma canção do Seu Jorge. No cenário musical brasileiro, com quais nomes você gostaria de trabalhar?

O Seu Jorge era um artista que eu tinha muita vontade de gravar, então concretizar isso foi demais. Fora ele, eu admiro muitos artistas da música brasileira e tenho muita vontade de gravar com cantores de rap, como Criolo e Emicida.

 

O que toca na sua playlist nos momentos de folga?

Ouço de tudo, rock, reggae, mpb, hiphop, rap…

 

Quais são as suas principais referências musicais?

Meus pais sempre!

 

Sobre a vida pessoal, como está a vida de casado? O que mudou depois do casamento? E para quando está prevendo a chegada de filhos?

Nossa vida de casado e rotina estão muito bem. Todo dia um aprendizado diferente, porque casamento envolve muita compreensão e paciência. E sobre filhos, com certeza nós queremos muito e estamos deixando Deus cuidar dessa parte.

 

Serviço

Data: 20/06/2019 – quinta-feira
Horário: a partir das 14h
Atração: Alok
Local: P12 – Parador Internacional (Servidão José Cardoso de Oliveira, s/n – Lote 3 – Jurerê Internacional, Florianópolis – SC)
Ingressos: www.ticmix.com.br – a partir de R$ 100,00
Informações e reservas: www.parador12.com.br / (48) 3284-8156

 

Leia também:

Roberta Miranda fala que “trabalho de DJ é apertar botão” e Alok rebate

Casar no Cristo Redentor como o DJ Alok custa só R$ 2.700

Para ser sócio do Clube NSC, você deve assinar um dos jornais ou o NSC Total em Assine NSC. A partir de R$ 9,90 por mês na modalidade digital, você tem acesso a todo o conteúdo e tem direito a utilizar os descontos do Clube em festas, shows, restaurantes, cinema, educação, serviços e muito mais. Aproveite, os benefícios são ilimitados. Saiba mais em Clube NSC.