Animal print é a tendência do outono/inverno 2019

Foto Dari Luz

Depois de inúmeros desfiles e lançamentos pelo mundo, as semanas de moda estão chegando ao fim e lançam uma série de novas tendências para entrar no seu radar. Os designers assumem um rumo escapista, buscando, em grande parte, no passado suas principais tendências.

Animal du jour

Animal print é a tendência mais ditada pelas marcas influentes do mundo neste o outono/ inverno 2019. A cena internacional da moda começou a se assemelhar a um zoológico de verdade, já que os visitantes das semanas fashion internacionais viram, na grande maioria, uma estampa de animal após a outra nas passarelas. Esta ferocidade a todo vapor chegou também às ruas, e aqui pelo Brasil não será diferente.

Veja os vestidos com estampa de zebra e bovinos da coleção pré-outono mais recente da Versace, além dos casacos de cobra e leopardo vermelhos sobrepostos no desfile de Paco Rabanne. Em outras palavras, não há mais a necessidade de escolher entre leopardo, tigre, zebra ou vaca para obter a vibe do momento. O segredo está em aceitar as misturas e até um certo caos visual.

Como usar a estampa da hora

Bota Danna, blusa Danna, joias Ruth Grieco e saia Lily Sarti para Santa

Quando se trata de usar uma peça de roupa estampada, às vezes, é melhor optar pelo mais simples para evitar um visual chamativo. Se você tem um estilo definitivamente clássico, escolha apenas uma peça para compor o look, em python, por exemplo. Acho este shape muito bom para as iniciantes.

Aposte em acessórios

Blusa e calça Betelguese para loja Maria Cláudia, casaco Acervo, cinto Gucci, clutch e sapatos Carmen Steffens, joias Ruth Grieco

Os acessórios também são um bom início quando você quer tentar uma tendência forte, sem ficar over. Combinado com uma roupa básica, coloque um toque de estampa de leopardo, onça ou tigre com uma bolsa de ombro, um lenço ou um cinto. Gosto muito!

Para ousar

Vestido Alice para Loja Maria Cláudia, casaco Mason Saad para calcanhar de aquiles, bolsa YSL, sapato Carmen Steffens e joias Ruth Grieco

É hora de mostrar a tigresa que existe em você! Quer ousar mesmo? Use a estampa num look total. Na coluna desta semana, escolhi um vestido estampado de zebra com o sapato no mesmo shape e ainda um look total onça com calça e blusa. Ah, ia esquecendo do famoso casaco de pele fake, com estampa de leopardo, reminiscência dos anos 1970. Este merece um capítulo só para ele!

A mistura é o jogo

Óculos Bárbara K, blusa Danna, casaco Acervo, saia Topshop, tênis e bolsa Arezzo e joias Ruth Grieco

Para mim, a maneira mais difícil de usar a estampa animal é misturá-la com outras estampas. Mas superfunciona! Não leve muito a sério, brinque e misture mantendo a harmonia: o resultado é simplesmente lindo!

Viu o que eu fiz? Misturei onça com um xadrez P&B e repara no detalhe do tênis e bolsa, bingo! Onça novamente! A saia verde foi um delírio fashion momentâneo. Gostaram?

Clássico é clássico

Blusa e calça Betelguese para loja Maria Cláudia, casaco Acervo, cinto Gucci, clutch e sapatos Carmen Steffens, joias Ruth Grieco

As tendências vêm e vão, e este é o movimento certo da moda. Algumas temporadas chegam mais populares, em outras nem tanto, mas, no geral, são sempre peças que criam a identidade em um closet. São estas peças que chamamos de clássicos da moda.

E neste inverno, em meio a todas as ideias que terão seus cinco minutos de fama, vemos o retorno do casaco com estampa de leopardo e onça. Sua mãe e sua avó provavelmente usaram antes de você e mesmo assim continuou relevante por anos à frente. Se você comprar um exemplar agora, eu aposto que usará por muitos e muitos anos e talvez sua filha também faça isso…

Preciso te contar que há muita coisa ocorrendo no mundo dos casacos peludos depois do recente anúncio da Gucci de que não usaria mais peles de verdade. Outras grandes grifes estão no mesmo caminho. O designer muito comentado no momento, Claire Waight Keller, produziu peles de leopardo na Givenchy e, pasmem, todos eles são falsos!

O que ainda vem por aí

Penas

Calça e blusa Iorane para Strass, bolsa Laci Baruffi, blaser Carmen Steffens joias Ruth Grieco e sapatos Carmen Steffens

Já é outono, vamos começar a usar as tendências de frio agora! As penas foram mostradas de várias formas – algumas extravagantes e algumas mais sutis. Em Marc Jacobs, os vestidos das passarelas estavam cobertos de plumagem de luxo, enquanto Roksanda e Mary Katrantzou davam-lhes um acabamento colorido. Michael Kors trouxe de volta um boá de penas e Saint Laurent desfilou sapatos com o detalhe. Na coluna destaco as penas num blazer lindo da Carmen Steffens, reparou?

Chapéus Balde

Os chapéus de balde dos anos 1990 ressurgiram algumas vezes nas últimas temporadas, porém a nova versão teve uma pegada luxuosa. Tom Ford e Anna Sui mostraram chapéus grandes e largos que receberam o tratamento fofo com peles artificiais. Enquanto isso, Maria Grazia Chiuri, da Gucci, mostrou-os em couro e Valentino em renda.

O neo boho

Chega com visual de peças longas, lânguidas e sensuais, saturados em tons quentes de pôr-do-sol e deserto. Dentro desta tendência, você verá joias tipo amuleto, peças de crochê e acessórios de ráfia, numa onda de lembranças coletadas em peregrinações por Ibiza, Joshua Tree ou um Ashram na Índia.

Ainda sobre os comprimentos

Bota Danna, blusa Danna, joias Ruth Grieco e saia Lily Sarti para Santa

Saias e vestidos parecem ter ficado um pouco mais longos para a nova temporada, com muitos designers optando por bainhas no tornozelo, substituindo estilos mini ou maxi. A tendência foi vista em elegantes roupas de noite em Carolina Herrera e Giambattista Valli .

Smoking

Já os ternos são um clássico do closet! A aparência sazonal de Le Smoking, by Saint Laurent, é prova disso. Neste caso, literalmente, com a nova abordagem do novo estilo.

Jaquetas

Chegam com destaque, tons brilhantes, como eles estavam na Chanel e Gucci, ou misturados com tons mais suaves e vestidos em denim, como estavam em Victoria Beckham e Giuliva Heritage Collection.

Catarinense com fama internacional

Vestido Kaele para loja Maria Cláudia, óculos Bárbara k, bolsa e bota Arezzo, parka Abercrombie, joias Ruth Grieco

Ruth Grieco nasceu em Florianópolis e saiu da cidade com 18 anos, mas nunca perdeu as raízes e o vínculo com a terra. Há mais de 40 anos é designer de joias, coleciona vários prêmios internacionais e suas peças já foram capa da revista Dreams francesa, figuraram na Vogue Itália e Vogue Gioiello, foram capa do suplemento “How To Spend It”, do Financial Times, Town and Country americana, entre outras publicações.

Em 2012 o editor francês Didier Brodbeck publicou o primeiro livro sobre a designer – Poetizando a Joalheria, lançado em Paris, Basel, Florianópolis, São Paulo, MG e RS. Desde 1975, Ruth cria e produz joias atemporais, que traduzem em cores a exuberância das gemas brasileiras. Mescla metais nobres, turmalinas, águas marinhas, esmeraldas, tanzanitas, diamantes e pérolas em peças com design singular. “É pretensioso afirmar, mas a grande inspiração vem mesmo da natureza: das folhas, das flores, dos insetos, peixes e todo o universo marinho. Existe uma variedade de pedras que brota deste nosso maravilhoso Brasil tropical, esfuziante de cores e formas”, revela Ruth.

Do Vale do Itajaí

A marca de acessórios em couro e vestidos Laci Baruffi está no mercado da moda catarinense desde 1987. Com fábrica localizada no interior de Santa Catarina, região do Vale do Itajaí, a produção preza o sistema slow fashion realizada pelas mãos de aproximadamente, quarenta artesãos. A label cria e renova-se todos os dias, mantendo-se fiel à sua identidade e refletindo o esmero da designer homônima. Em cada coleção, oito cápsulas por ano, lança bolsas, acessórios, carteiras, pastas, mochilas femininas e masculinas e ainda uma linha batizada de Acessórios Colecionáveis, composta por colares artesanais produzidos na própria fábrica. Recentemente, a designer apostou na linha de vestidos casuais, que chegou para completar o mix de peças: “a proposta é oferecer vestidos versáteis para todos os biotipos e ocasiões, e claro, permitir que a mulher seja facilmente linda”, revela Laci.

Participaram deste editorial:

  • Produção executiva, produção, styling, pesquisa de moda: Lise Crippa
  • Modelo: Day Miranda – Mega Model Sul
  • Fotos e tratamento de fotos: Dari Luz
  • Produção de cena: Larissa Maldaner
  • Beleza: Larissa Maldaner
  • Marcas e lojas participantes: Arezzo, Alice, Abercrombie Betelguese,Bárbara K, Calcanhar de Aquiles, Carmen Steffens, YSL, Danna, Gucci, Iorane, Kaele, Lilly Sarti, Laci Baruffi, Loja Maria Claúdia, Strass, Mason Saad, Ruth Grieco Joias, Topshop
Leia mais:
Veja mais colunas de Lise Crippa
“Monocelha” é tendência entre modelos gringas! Veja quem já aderiu ao look polêmico
Estilista da primeira dama Michelle Bolsonaro abrirá ateliê em Florianópolis