Na semana em que é premiada nos EUA, Anitta sofre uma baixa na justiça

Foto: Marco Favero

Anitta vem somando prêmios na carreira e ganhando destaque na imprensa internacional nos últimos tempos. No domingo (11), a cantora venceu a categoria destaque em redes sociais no iHeart Radio Music Awards, nos Estados Unidos. Mas como nem tudo na vida são rosas, a cantora sofreu uma baixa na justiça nesta terça-feira (13).

De acordo com o colunista Lauro Jardim, do O Globo, a justiça negou o segundo recurso e Anitta terá que pagar R$ 3 milhões a ex-empresária, Kamilla Fialho, sob pena de ter os bens bloqueados. Dessa vez, três desembargadores da 9ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do RJ decidiram a favor da produtora K2L, que acusa Anitta de não pagar a multa estipulada por rompimento de contrato.

A quantia é somente parte do que Kamilla pede na Justiça. De acordo com o seu advogado, Leonardo Gomes, o valor da indenização está hoje em R$ 14 milhões, mas pode ultrapassar os R$30 milhões.

Leia mais:

Prestes a gravar Especial em SC, Piangers esclarece polêmica sobre palestra no Dia da Mulher

Sete motivos que fazem do Instagram o habitat dos solteiros