Antonia Fontenelle diz que foi excluída de herança de Marcos Paulo

Ministra do Superior Tribunal de Justiça não reconhece legalidade da carta escrita pelo ator dizendo que deixa parte de suas contas bancárias para a companheira

Foto: Reprodução / Instagram

A batalha de Antonia Fontenelle para conseguir parte da herança de Marcos Paulo continua. Nesta segunda-feira (4), ela afirmou que uma decisão da ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Maria Isabel Galotti a excluiu do direito de receber parcela do patrimônio do ex-marido, morto em 2012.

Antonia gravou um vídeo em sua conta no Instagram dirigindo-se à ministra. Argumentou que a magistrada sabe que ela era casada com Marcos Paulo, o que a faz ter, portanto, direito à parcela da herança. Também disse que se sente “perseguida por mulheres”, e que vai recorrer da decisão. Desde a morte de Marcos Paulo, vítima de embolia pulmonar, Antonia briga na justiça com as três filhas do ator, Wanessa, Mariana e Giulia. Elas não querem reconhecer a madrasta como herdeira.

“Mulheres perseguindo mulheres, é só isso que eu entendo, e vou continuar afirmando: contra fatos não há argumentos. Senhora ministra Isabel Galloti, chegou a minha hora de recorrer porque não aceito a sua decisão, uma vez que fui reconhecida como esposa. Acredito no bom senso do colegiado, esse país tem leis, e elas têm por obrigação serem cumpridas”, escreveu Antonia na legenda do vídeo.

De acordo com nota publicada pela revista Veja nesta segunda-feira (4), a ministra Maria Isabel Galotti entendeu que o documento apresentado por Antonia não tem validade legal. O documento consiste em uma carta escrita a próprio punho por Marcos Paulo em que o ator diz deixar 60% do saldo de suas contas bancárias para a companheira. O texto, porém, não foi registrado em cartório com as três testemunhas exigidas pelo Código Civil.

 

Em 2017, uma decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro havia reconhecido Antonia como herdeira de Marcos Paulo, o que a daria direito ao acesso a R$ 30 milhões, sendo que o total do patrimônio do ator é estimado em R$ 50 milhões. As filhas, porém, recorreram da decisão.