Acusado de fugir após teste de DNA, ex-BBB se retrata: “Ansioso para conhecer minha filha”

Antônio Rafaski teve um caso passageiro com jovem do Espírito Santo que engravidou, mas ficou sozinha para registrar a criança

Antônio Rafaski teve uma criança com uma jovem de Vila Velha, no Espírito Santo, mas ainda não registrou a menina. Foto: Reprodução / Instagram

Galã do Big Brother Brasil 17, Antônio Rafaski se meteu em uma confusão de paternidade. Ao ter uma filha com uma vizinha de sua família, que mora em Vila Velha, no Espírito Santo, o rapaz de 25 anos teria desaparecido após fazer o teste de DNA. Também teria se esquivado de registrar a criança.

Segundo a estudante de engenharia Luiza Araúj0, ela teve um caso passageiro com o ex-BBB. Após engravidar, convocou Antônio a fazer o teste de paternidade no dia 14 de setembro, cujo resultado deu positivo. Depois, os dois combinaram de registrar a menina. Antônio teria desistido em cima de hora.

“Fiquei aguardando, liguei pra família dele. Eles foram lá, mas ele não. Ele disse que iria deixar uma procuração com a mãe dele, mas quando conversei com ela, ela nem sabia dessa procuração e achou que ele iria ir registrar. Quando estávamos no cartório, eu e a mãe dele, ela ligou pra ele, que disse que retornaria a ligação, e nunca mais ligou pra ela até hoje. Eu e meu advogado também tentamos contato com ele, mas até agora nenhuma resposta”, relatou Luiza à coluna de Leo Dias, do jornal O Dia.

Com a polêmica, Antônio usou a conta no Instagram nesta segunda-feira (22) para se retratar. Disse que não havia sumido, pois constantemente publicava fotos nas redes sociais. Em relação ao “sumiço” do qual Luiza o acusava, apenas disse que estava “ansioso” para conhecer a criança. Também reforçou que é filho de pai ausente e que não deseja que o mesmo dilema ocorra com um filho seu. Responsabilizou o excesso de trabalho à impossibilidade de registrar a menina.

“Se fui fazer o exame de DNA, foi justamente para não ter dúvidas. Como eu conseguiria sumir se estou diariamente nas redes sociais e meu paradeiro está estampado para todos verem? O que aconteceu é que desde que eu soube do resultado do exame, estou bastante ansioso para conhecer minha filha e registrá-la. Quem me conhece sabe que fui criado com um pai completamente ausente e não quero que isso aconteça com um filho meu. A sequência de compromissos de trabalho em impossibilitaram de voltar à Vila Velha para efetuar o registro da criança. Em breve quero mostrar a todos essa bênção que recebi e com muito orgulho apresentarei minha filha a todos”, escreveu Antônio.