Aplicativos de paquera: O que você precisa saber para se dar bem

Biografia vazia, frases prontas, erros de português: saiba quais são os erros mais comuns e fuja deles!

aplicativo de paquera
Foto: Carlos Macedo/Agência RBS

Encontrar uma companhia em sites e aplicativos de namoro se tornou algo comum. Se antes o flerte era nas baladas, bares ou nas ruas, esses cenários disputam espaço com a paquera online. Mas existem alguns fatores que podem sabotar o sucesso de quem usa esses softwares. O site de relacionamento Universo Sugar revelou os principais deslizes dentro do mundo da paquera virtual, de acordo com as críticas dos usuários da plataforma.

Biografia vazia

Engana-se quem pensa que deixar de escrever algo sobre si fará de você uma pessoa misteriosa ou indiferente. Ao contrário, isso pode ser um gatilho para que seu perfil deixe de ser interessante para quem está “surfando” nos sites de relacionamento. É preciso apresentar o mínimo de informações sobre você, que não sejam limitadas em fotos. As pessoas se questionam sobre o que você está buscando. Se algo sério ou casual. Tudo isso é considerado na hora da paquera online. O ideal é escrever uma apresentação sucinta, de 20 a 40 palavras. Evite descrições genéricas ou frases prontas.

Erros de português

Era lindo, aí escreveu “com migo”. Você desistiria de alguém que mandasse aquela cantada com erros de português? Esses deslizes não só incomodam como podem ser um fator eliminatório na hora da paquera virtual. Muito cuidado com a escrita em conversas. Isto porque os cupidos fogem dos erros de português. A boa comunicação é fundamental para transmitir imagem de credibilidade, faz parte do marketing pessoal.

Fotos em grupo

Ninguém quer saber quem são seus amigos, ainda. Se a intenção é mostrar que você é uma pessoa de muitas amizades, não há necessidade de comprovar isso com fotos dos amigos no aplicativo de namoro. O pretendente quer ver a pessoa que vai aparecer no encontro. Se é para colocar a foto com alguém, coloque com pets.

Intolerância política

A polarização incita o uso da orientação política como um critério para escolher o parceiro e pode parecer um bom filtro, mas muito cuidado para não denotar radicalismo e afastar pessoas interessantes. Assim como em outros setores da sociedade, precisamos ter a capacidade de lidar com diferentes modos de pensar, inclusive com o posicionamento político.

Abordagem pobre

“Oi, tudo bem? Tudo, e com você? Bem também”. A mesma coisa se repete no dia seguinte. Torne a conversa atrativa, fuja do óbvio. Um bom papo é fundamental para dar continuidade a paquera online. Tenha sempre em mente algo para perguntar logo após a cortesia.

Leia também:

Sete motivos (e um alerta) que fazem do Instagram o app dos solteiros

Descubra se alguém leu sua mensagem no WhatsApp mesmo sem “confirmação de leitura” ativada

Cinco aplicativos para melhorar a sua vida (e deixá-la mais leve)