Após críticas e boicote, Valesca Popozuda pede desculpas

"Eu não tinha noção do que o Augustin representava para a comunidade LGBT+", afirma a cantora

agustin e valesca
Foto: Instagram/Reprodução

Os vídeos gravados na ferramenta stories do Instagram e a foto publicada no feed da cantora são respostas às críticas e boicotes que Valesca Popozuda tem enfrentado após publicar uma foto com o maquiador Augustin Fernandes, que declarou apoio ao atual presidente Jair Bolsonaro.

Nesta semana, Valesca teve um show cancelado em Campinas (SP), que divulgou nota justificando:  “Nos últimos dias, a artista postou um vídeo nas redes sociais com um amigo dela que é fã do atual presidente Jair Bolsonaro (PSL). O fato ganhou repercussão nacional e Valesca foi fortemente criticada já que ela sempre se mostrou a favor da comunidade LGBTQ+”.

Como resposta ao cancelamento, Valesca publicou: “Sou humana, tbm erro, mas to aqui de peito aberto pra melhorar e aprender cada dia mais”.

 

Nos vídeos, publicados na ferramenta stories, a cantora pede desculpas para os fãs e justifica que “não tinha noção do que o Augustin representava para a comunidade LGBT+”.

— Eu sempre fui contra tudo do que ele [Bolsonaro] fala, do que ele faz, do jeito que age com as mulheres… Então por isso vim realmente pedir desculpas para vocês. São 17 anos da minha vida lutando com vocês, por nós, fazendo todas as paradas LGBT+ e eu sei que eu posso até não fazer mais show nessas casas, posso perder esse público, mas mesmo assim eu vou continuar aqui lutando por vocês, defendendo até o fim.

Entre os comentários na rede, o público apoiou a cantora. Um internauta comentou: “não consigo ver nada além de machismo e elitismo no que estão fazendo com você. você errou, errou feio, mas a vilã não é você”. Também teve apoio e agradecimentos pela atitude da cantora: “Fico mt feliz em ler isso tudo, obrigada mesmo”.

Leia também:

Valesca Popozuda tem show cancelado após aparecer ao lado de maquiador que iniciou carreira em SC

Samuel Rosa, do Skank, corrige fã que insinuou racismo ao errar letra de canção da banda