Aposte na iluminação minimalista na decoração

Pontos de luz que valorizam elementos no projeto arquitetônico são tendência nessa área

Além de criar um clima aconchegante, a iluminação destaca revestimento, matérias, texturas e objetos. Foto: Fábio Severo /Divulgação

Tendência confirmada na mostra bienal Euroluce, que apresenta tendências e lançamentos do mercado de iluminação, durante o Salão Internacional do Móvel de Milão deste ano, o minimalismo reinou em toda gama de efeitos que esse recurso oferece à arquitetura e decoração. Atentos às novidades, os arquitetos Lia Herrmann e Mike Hoffmann aplicaram no ambiente Haven Home, projetado para CASACOR SC, edição Balneário Camboriú, que terminou no último domingo (18/08), um projeto luminotécnico em que se destacam texturas, cores, objetos com uma luz direcionada para esses locais.

— Aquele ponto óbvio, no meio do espaço, que era utilizado até pouco tempo atrás tende a ser menos usado e a iluminação se torna, além de sensorial, uma estratégia de destaque para encantar e valorizar alguma peça — afirma Lia, que finalizou um master em Arquitetura e Ligthing Design.

Sensações

— Uma importante dica na hora de elaborar um projeto de iluminação é entender as sensações que esse espaço quer proporcionar. Arquitetura de iluminação é sentimento, então cada modelo de lâmpadas, luminárias, deve ser escolhidos com muito cuidado para proporcionar o resultado esperado — ensinam os profissionais.

O projeto luminotécnico define as diferentes sensações do ambiente. Foto: Fábio Severo /Divulgação

Tonalidades

Cuide com variações de temperaturas de cores no mesmo espaço. Existem algumas no mercado que são definidas por Kelvins (quanto mais alta a temperatura de cor, mais clara é a tonalidade de cor na luz). Isso define tons mais quentes, frios ou neutros. É importante não misturá-las, de forma que não prejudique a atmosfera sensorial e não promova o resultado inverso do desejado, que são as nuances iluminadas nos mesmos tons, mesclando entre luz e sombra, potencializando os resultados.

Valorização

Além de iluminar, a iluminação cria um clima aconchegante em diversos espaços, valoriza revestimentos, materiais, texturas e objetos. Por isso, escolha lâmpadas, luminárias e abajures que conversem com os materiais que vão compor o projeto e que valorizem esses elementos.

Leia mais:

Como usar quadros na decoração e deixar sua casa com cara de revista

Tudo rosa: dicas práticas para quem quer apostar em uma cor na decoração

Reciclar: sempre uma tendência em decoração