“Os Simpsons”: aprenda com Homer 10 coisas para NÃO se fazer no Dia dos Pais

Quem acompanha "Os Simpsons", já na 29ª temporada (por aqui, no canal pago Fox), conhece bem os péssimos exemplos de Homer

Homer Simpson
Foto: Youtube / Reprodução

Homer Simpson já tem quase 30 anos de televisão, permanece com presumíveis 36 de idade e segue dando exemplos nada edificantes de paternidade irresponsável. Ao menos, volta e meia a ficha cai em sua cabeça oca e ele resolve repensar sua relação com os filhos Bart, Lisa e Maggie. É quando o sujeito estabanado, grosseiro e egoísta revela ter um coração mole, mostra que erra mais por tentar acertar e assume diante das crianças o papel do pai herói e, ao seu modo, carinhoso.

Quem acompanha Os Simpsons, já na 29ª temporada (por aqui, exibido no canal pago Fox), conhece bem os péssimos exemplos de Homer. Vive esganando Bart, acha as atitudes politicamente corretas de Lisa uma chatice e mal lembra o nome de Maggie, bebê que costuma ter mais noção do perigo que ele próprio. Passa o tempo livre no bar ou inerte diante da TV, disputa com os filhos o último bife e o controle remoto e uma vez obrigou Bart a fazer uma transfusão de sangue para salvar a vida do chefe.

Em um episódio clássico, após mais um ataque de fúria e descaso com Bart, Homer é submetido pela mulher, Marge, a um teste para saber se é um bom pai: 1) Diga o nome de um amigo de seu filho; 2) Qual o herói favorito de seu filho? 3); Diga o nome de outro pai com quem conversou sobre paternidade; 4) Qual o hobby de seu filho?. Roda feio, caso tão grave que o leva a ser internado no Instituto da Paternidade. Após um curso intensivo, desenvolve a técnica da psicologia invertida e consegue, enfim, responder com sucesso o questionário.

O Homer versão ternura, claro, dura só até os créditos finais. Quem assiste a Os Simpsons – O Filme, vê um Homer ainda mais relapso como pai e cidadão. Deixa Bart ser preso em seu lugar, dedica atenção integral a um porco e faz a família ser jurada de morte depois de provocar um acidente ecológico. Homer é o exemplo exagerado do pai que só pega no tranco. O conformado Bart assume que não pode viver sem o parceiro de sandices: “O cara me conhece!”. Eles se entendem. E se adoram.

Fox / Divulgação
Homer e BartFox / Divulgação

Não tente fazer isso em casa

Quando a careca esquenta e a barriga ronca, Homer Simpson é o pai mais desnaturado do mundo. Veja alguns exemplos de paternidade sem noção que não devem ser repetidos na vida familiar:

  1. “Bart, vou lhe dizer três frases que você deve saber ao longo da vida: ‘Segura essa pra mim’; ‘Boa idéia, chefe’; ‘Já estava assim quando eu cheguei’.”
  2. “Bom, é uma da manhã. Melhor ir para casa e passar um tempo com as crianças.”
  3. “Bart, com US$ 10 mil nós seríamos milionários! Nós poderíamos comprar todo tipo de coisas úteis como…amor!”
  4. “Filho, quando se quer algo na vida, você tem que trabalhar por isso. Agora, quieto! Vão anunciar os números da loteria.”
  5. “Lisa, quando você não gosta do seu emprego não faz greve. Vá trabalhar e faça um trabalho malfeito. Esse é o jeito americano.”
  6. “Quando vejo sorrisos nos rostos das crianças, sei que elas estão prontas para me bater com algo.”
  7. “Lisa, vampiros não existem. São como elfos, gremlins e esquimós.”
  8. “Não me comam! Eu tenho mulher e filhos. Comam eles (no episódio em que a família é abduzida por alienígenas).”
  9. “Por que precisamos de um psiquiatra? Sabemos que o nosso guri é louco.”

Leia também: 

Uma seleção de 5 séries para maratonar com as amigas

Confira uma seleção de filmes e séries de terror

Conheça 10 séries inspiradas em crimes reais