Atriz catarinense de 10 anos estreia na TV ao lado de Antônio Fagundes e Grazi Massafera

Novela Bom Sucesso começa nesta segunda-feira, 29

Valentina Vieira
Foto: Raquel Cunha/Rede Globo

Ela nasceu em Florianópolis, mas com apenas um ano de vida mudou para São Joaquim. Agora, aos 10 anos, vive uma história que parece de novela. Valentina Vieira vai fazer sua estreia na TV em Bom Sucesso, novo folhetim das 7 da Rede Globo, que começa nesta segunda-feira, dia 29, ao lado de grandes nomes como Antônio Fagundes e Grazi Massafera.

Mesmo com a pouca idade, a catarinense já colhe o resultado de seu esforço para realizar o sonho de ser atriz. Com o apoio da família, a pequena fez vários cursos de teatro e nos últimos dois anos abriu mão das férias para investir na carreira, como conta a mãe, Raquel Santos Vieira.

— Vínhamos em julho e em janeiro para o Rio de Janeiro para ela poder estudar. Nós nunca viemos atrás de uma chance, porque acreditamos que se ela quer ser atriz ela precisa estudar para isso, e se ela estudar ela vai ser atriz, independentemente de ser famosa.

A preocupação da mãe, que é também psicóloga, era de que a pequena Valentina desejasse apenas a fama. Mas, aos poucos, Raquel revela que identificou a verdadeira motivação da filha.

— Eu e o pai dela perguntamos se ela queria ser atriz ou famosa, e a Valentina nos respondeu que o seu sonho era ser atriz. Então nós falamos que iríamos apoiar na realização do sonho, mas que mostraríamos o caminho que achávamos melhor — destaca Raquel.

 

Ver essa foto no Instagram

 

O amor é quando a gente mora um no outro! ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ❤💙❤💙 #amor #família #moramosunsnosoutros #semprejuntos #prasemprejuntos

Uma publicação compartilhada por Valentina Vieira 💖 (@valentinasantosvieira) em

Em fevereiro deste ano, após voltar de alguns workshops no Rio de Janeiro, a jovem recebeu uma ligação da agência da qual faz parte para participar de uma seleção de atores. Era o convite para o seu primeiro teste. Valentina, a mãe e o irmão Benjamim, de 5 anos, foram para o Rio, e com a aprovação não voltaram mais para Santa Catarina.

Valentina logo iniciou a preparação para a personagem Sofia e, com as gravações da novela, a família que programava fazer a mudança para o Rio somente em 2020, precisou adiantar os planos. A adaptação no novo estado, a nova escola, novos amigos e emprego foram um pouco difíceis, mas a pequena se revela realizada com a oportunidade.

Confira a entrevista completa:

Você lembra quando começou a sonhar em ser atriz?

Eu sempre gostei muito do mundo da arte, acho que desde bebê. Mas querer ser uma atriz mesmo foi a partir dos 7 anos. Nessa época, uma agência tipo “caça talentos” foi na minha escola e explicou sobre a profissão de modelos, cantores e atores. Eu cheguei em casa já me imaginando artista e pedi para os meus pais que me deixassem ser. Então, foi aí que meu sonho começou. E com o passar do tempo, mesmo gostando de todas as artes, eu logo percebi que o que eu realmente amava e buscava era ser atriz!

Como foi mudar de cidade e se adaptar com os novos amigos, escola, rotina?

Foi difícil, pois eu praticamente “nasci” em São Joaquim, e tive que deixar lá uma parte do meu coração: minha família, minha escola, meus amigos, meus bichinhos, minha vida toda, né? O que me ajudou muito foi todo o apoio que eu recebi das pessoas que acreditam no meu sonho e me incentivam a realizá-lo. E, mais do que tudo, foi Deus quem me confortou nessa mudança tão grande, porque só Ele sabe como é ter o coração dividido. Mas o tempo foi passando e eu fui me adaptando com a vida nova, e hoje em dia estou segura da decisão que fizemos.

Valentina Vieira
Foto: Arquivo Pessoal

Como foi conhecer a Rede Globo?

Eu fui conhecendo aos poucos, e, cada vez mais, me apaixonando por ela e pelas pessoas que nela trabalham. É fantástico! Um mundo à parte. Ninguém consegue imaginar a grandiosidade. Sinceramente, às vezes (ou quase sempre) ainda acho que estou sonhando… mas, na verdade, e melhor ainda, estou realizando o meu sonho. E a Globo, eu diria que é uma fábrica de sonhos! Um lugar lindo, onde tudo funciona e tem um clima maravilhoso. Ao final do dia, eu nunca quero ir embora de lá!

Como é sua rotina de gravação? É divertido?

Está sendo corrida, mas muito divertida e cheia de aprendizado. Sempre gravo depois do horário da escola. Às vezes, vamos até direto e almoço lá no Projac ou em outro lugar quando é gravação externa. Algumas vezes, eu até faço as minhas tarefas da escola nos intervalos das gravações. Eu amo gravar! Fico muito feliz quando vejo no roteiro que tem muitas cenas e fico chateada quando tenho folga.

Como foi a preparação para a personagem? Precisou fazer algum curso, mudar cabelo?

Foi a parte mais linda! E ainda está sendo, porque a preparação de elenco acontece durante toda a novela. Eu nunca imaginei que construir uma personagem fosse assim tão incrível. Tem um trabalho gigante com todos que participam da novela. Nós ouvimos pessoas que são especialistas nos assuntos que fazem parte da história, profissionais de várias áreas nos contaram sobre as suas experiências, como médicos, jogador e técnico de basquete, jornalistas, cantora, além de atores. Eu conheci todo o elenco e participei de várias atividades em grupo. Para a Sofia, minha personagem, tem uma equipe bem grande para cuidar. Eu estou tendo a ajuda de uma fonoaudióloga para aprender a falar um pouquinho do “carioquês”, mas principalmente para diminuir o meu sotaque do sul. Tem uma profissional chamada de ‘Preparadora de Elenco’ que estuda as cenas comigo e me acompanha nas gravações. Também estou fazendo aulas de balé e tenho o acompanhamento de uma psicóloga. E quanto à caracterização da personagem, tive que cortar o cabelo.

Valentina Vieira
Foto: Victor Pollak/Rede Globo

Fala mais sobre sua personagem e o núcleo que ela participa.

O nome da minha personagem é Sofia, ela tem 11 anos e é uma menina sonhadora, independente, criativa, sincera, inteligente, curiosa, querida, mas também é carente e, às vezes, um pouquinho “mandona”. Ela ama o seu avô Alberto (Antônio Fagundes), com quem divide segredos e a paixão pelos livros. Mas não tem uma relação muito boa com sua mãe, a Nana (Fabíula Nascimento), e, muito menos, com o seu padrasto Diogo (Armando Babaioff). A Sofia faz parte da Família Prado Monteiro, o núcleo do Alberto, que é o dono da editora que tem o mesmo nome da família. Ao longo da história, o público vai perceber que a Sofia é uma pobre menina rica. Essa personagem está sendo um grande presente para mim. Eu amo interpretar a Sofia!

Como está sendo trabalhar com artistas tão consagrados como Antônio Fagundes?

Fazer parte deste elenco significa muito para mim, não por serem famosos, mas por serem realmente ótimos atores, por terem tanta experiência e conhecimento. Conviver e atuar com esses artistas tem sido incrível! Parece até um sonho, ou melhor, um sonho que se tornou realidade. Num dia eu estou vendo essas feras na TV, e no outro, eu estou ao lado deles, fazendo a coisa que eu mais gosto! Tenho aprendido a cada dia com estes artistas maravilhosos, que, além de grandes profissionais, são educados, humildes, generosos e têm muita cultura, ética, respeito e amor. Ser recebida por todos – a direção, a produção e o elenco – com tanto carinho e sentir que estão dispostos a me ensinar, me faz acreditar que Deus me trouxe aqui para o bem! Essa experiência está sendo a melhor escola que eu poderia ter para crescer como atriz e como ser humano!

Esse é seu primeiro trabalho profissional. Como está sentido essa responsabilidade, mesmo com 10 anos você consegue ter dimensão do que está conquistando?

Este é o meu primeiro papel na TV e o meu primeiro trabalho na vida. Eu me sinto muito feliz por essa oportunidade. Sei que muitas pessoas sonham com ela, mas poucas conseguem vivê-la. Por isso, e por tudo o que entendi quando o diretor da novela conversou comigo, sinto uma grande responsabilidade sobre mim. Mas nada disso é um peso porque o amor que sinto me ajuda muito e tenho alegria em fazer. Essa dimensão, eu estou percebendo com o passar do tempo, e não fico pensando muito no que isso pode significar, estou apenas vivendo.

Qual seu maior sonho como atriz?

Meu maior sonho é o que está acontecendo, ter essa oportunidade incrível! Mas um sonho como atriz, seria ganhar o Óscar, né? Como pessoa, eu quero ajudar a transformar o mundo. E quero usar a arte para isso! Quero inspirar as pessoas a acreditarem em seus sonhos. E no final de tudo, quero merecer os aplausos de Deus!

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Valentina Vieira 💖 (@valentinasantosvieira) em

Leia também:

Cantora de Florianópolis, Giulia Soncini sonha dividir o palco com Roberto Carlos

Jovem de São João Batista desenvolve matriz de bordado em braile

Georgia Furlan, modelo catarinense com síndrome de down, representa o Brasil em concurso mundial