Atriz de “Malhação” irá responder por calúnia após ex-namorado ser inocentado em denúncia de agressão

Douglas Sampaio havia sido acusado de violência física por Jeniffer Oliveira, mas foi liberado após a polícia ouvir as testemunhas envolvidas no caso

Montagem feita com reprodução do Instagram e foto de divulgação da Globo

Um caso de agressão envolvendo jovens atores da Globo sofreu uma reviravolta. Acusado de agressão física em junho deste ano pela ex-namorada Jeniffer Oliveira, Douglas Sampaio foi inocentado do caso após a polícia ouvir as testemunhas que presenciaram a cena em um bar do Rio. De acordo com informações divulgadas pelo jornal Extra nesta terça-feira (6), agora Jeniffer – que interpreta a Flora de Malhação: Vidas Brasileiras – é quem responderá por calúnia.

Quando fez a denúncia, a atriz de 19 anos afirmou que o namorado a havia agredido quando os dois passavam uma noite em um bar da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. Ela chegou a prestar queixa em uma delegacia por lesão corporal e enviou uma carta à coluna da jornalista Patrícia Kogut relatando detalhes do namoro, além de fotos exibindo o que seriam marcas das agressões no corpo.

O caso virou notícia e ganhou grande repercussão. Um trecho do inquérito acessado pelo jornal Extra diz que a denúncia de Jeniffer foi uma calúnia. “Com sua conduta, Jeniffer Oliveira violou a norma prevista do art. 399 do Código Penal, cometendo o delito de denunciação caluniosa contra Douglas Sampaio”, diz parte do relatório.

O advogado da atriz, João Bernardo Kappen, no entanto, alega que o documento está equivocado.

— Eles fazem menção às testemunhas que prestaram depoimento e que disseram que não viram a agressão. Mas o fato de não terem visto agressão não significa que ela não ocorreu. As testemunhas levadas pelo Douglas não estavam presentes no ambiente em que estavam a Jeniffer e o Douglas. E as duas amigas que estavam no momento em que a Jeniffer foi agredida foram à delegacia e disseram que viram a agressão. É uma conclusão absolutamente equivocada — disse.

O ator, que também integrou o elenco de Malhação em 2011, fez uma publicação dizendo que a verdade certamente iria aparecer um dia e que está feliz com os esclarecimentos. “Minha vida foi devastada por conta dessa mentira, perdi trabalhos, chorei, tinha vergonha de sair nas ruas por causa dessa maldade feita covardemente. As pessoas me olhavam como um criminoso. Minha família sofreu, meus amigos sofreram, me viram me afundar em lagrimas e sem saber o que fazer. Mas mesmo com tudo isso acontecendo, nunca perdi minha fé que um dia ia provar a verdade”, escreveu em um post no Instagram, recebendo mais de 30 mil curtidas.