“BBB 19”: família de Rodrigo pede que Paula seja interrogada por acusações de racismo

Mineira também recebeu acusações nas redes sociais após frases sobre religiões africanas

Foto: Reprodução / Globo

Após proferir algumas frases consideradas polêmicas, a sister Paula ainda está sendo alvo de investigações. A família de Rodrigo pediu que a participante do Big Brother Brasil seja interrogada e acionou um advogado para entrar na Justiça com ações nas áreas cível e criminal.

— Sabemos que todos têm que ser responsabilizados pelos seus atos. Discursos como estes estão matando pessoas, violando terreiros, ameaçando a fé. Se ela [Paula] errou, deverá ser interrogada. O Rodrigo sempre lutou contra a injúria racial e a intolerância religiosa. São pautas que ele defende — disse Fábio França, irmão de Rodrigo, ao UOL.

De acordo com a Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) do Rio de Janeiro, a mineira está sendo investigada. Entre as declarações, Paula disse que tinha medo de Rodrigo por ele ter contato “com esse negócio de Oxum” e que “nosso Deus é maior”.

França gravou um vídeo no final de fevereiro de uma música pedindo que os participantes respeitassem a religião “do menino”.

Leia também: 

“BBB 19”: Tiago Leifert discursa sobre omissão no jogo e divide usuários nas redes sociais

“BBB 19”: após ataques racistas, família de Rodrigo fecha comentários no Instagram

Acusado de agressão, ex-BBB Vanderson se compara a Paula e critica ‘seletividade’