BBB 19: Paula é proibida pela família de dar entrevistas

Campeã da última edição do programa prestou depoimento por intolerância religiosa na segunda-feira

Paula BBB
Paula tem evitado contato com a imprensa. Foto: Reprodução/Globo

Paula von Sperling ganhou a 19ª edição do Big Brother Brasil, na última sexta-feira (12), e desde então tem evitado a imprensa. Segundo informações do jornal Extra, a mineira de 28 anos foi proibida pela família de dar entrevistas. A agenda está sendo cuidada pela irmã de Paula, Mônica, que está recusando os pedidos de veículos de todo o Brasil.

A vencedora do BBB 19 voltou para Lagoa Santa (MG), sua cidade natal, nesta terça-feira (16). Após desembarcar em Belo Horizonte, a sister foi vista em um carro conversível em direção a sua casa, que fica a cerca de 40 quilômetros da capital.

Na segunda-feira, Paula prestou depoimento à  Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), no Rio de Janeiro. Ela está sendo investigada por intolerância religiosa após dizer que sentia medo de Rodrigo (adepto de religiões africanas) por ele ter contato com “esse negócio de Oxum” e ter declarado que “nosso Deus é maior”.

 O depoimento estava marcado para quarta-feira, mas foi antecipado para segunda devido à agenda da mineira.

— Depois que a Paula prestar depoimento, acredito que não teremos mais provas para recolher, vou avaliar tudo que foi recolhido e vou emitir um relatório conclusivo do inquérito. O procedimento é enviado à Justiça, e o Ministério Público vai decidir se oferece a denúncia ou se pede o arquivamento do processo — disse o delegado Gilbert Stivanello, titular da Decradi, ao Extra.

Após chegar em casa, Paula publicou uma foto com Pippa, sua porca de estimação e seus filhotes:

Leia também: 

BBB 19: Hariany diz que não aceitará ajuda financeira de Paula

“BBB 19”: racismo, intolerância religiosa, machismo e outras polêmicas que marcaram o programa

“BBB 19”: Gabriela quer se unir a Rodrigo em processo contra Paula por intolerância religiosa