Bebel Gilberto explica por que moveu ação contra seu meio-irmão

joao gilberto
Foto: Facebook/Reprodução

A cantora Bebel Gilberto fez uma publicação nas redes sociais para explicar o motivo pelo qual pediu proteção judicial contra seu meio-irmão João Marcelo, produtor musical que mora em Nova York.

Eles são filhos do ídolo da bossa nova, João Gilberto, que está sob interdição parcial desde o ano passado. Marcelo é filho da cantora Astrud Gilberto, de quem João se separou para se unir à cantora Miúcha, mãe de Bebel, que morreu em dezembro de 2018.

— Eu tentei, até onde foi humanamente possível, evitar um confronto judicial com João Marcelo, pelo fato de ele ser meu irmão e filho de meu pai — escreveu a cantora.

 

Ver essa foto no Instagram

 

A quem possa interessar . To whom it may concern .

Uma publicação compartilhada por Bebel Gilberto (@bebelgilberto) em

Ainda segundo a publicação no Instagram, a Justiça “determinou que João Marcelo retirasse, imediatamente, todas as manifestações insidiosas contra mim e minha mãe”. O caso corria na 24ª Vara Cível do Rio de Janeiro.

No Facebook, o produtor musical rebateu as acusações. “Quando Ancelmo Gois [colunista do jornal O Globo] declara vitória para o outro lado em seu caso legal que ainda não está concluído, fica óbvio que a imprensa está sendo usada para manipular a justiça e que manobras internas estão sendo realizadas”, escreveu.

A cantora Bebel  move, desde 2017, um processo de interdição do pai, motivada pela idade avançada e pela precária situação financeira em que vive -ele chegou a ser despejado do apartamento em que vivia no Leblon, zona sul do Rio de Janeiro, por dever anos de aluguel.

Leia também:

João Gilberto “está cantando, mas está triste”, diz filha que luta para administrar bens do pai

Aos 81 anos, morre a cantora e compositora Miúcha