Benedict Cumberbatch diz que não vai atuar em produções que pagam menos para mulheres

Ator conhecido por interpretar Doutor Estranho e Sherlock Holmes frisou a importância da igualdade de remuneração entre os gêneros. Foto: Chris Buck / NYTNS

O ator britânico Benedict Cumberbatch, conhecido por interpretar os personagens Doutor Estranho e Sherlock Holmes, afirmou que irá rejeitar papéis em produções nas quais há diferença entre o salário do homem e da mulher. A afirmação foi feita à Radio Times:

— Igualdade de remuneração e um lugar à mesa são os princípios centrais do feminismo. Veja as cotas. Pergunte quanto está sendo pago e diga: ‘Se ela não for paga da mesma forma que os homens, não vou fazer isso’ — disse Cumberbatch.

As declarações do ator vieram depois de uma série de casos no Reino Unido em que, na mesma produção, mulheres estavam ganhando menos do que homens. O mais polêmico foi de Claire Foy, protagonista da série da Netflix The Crown, na qual interpreta a Rainha da Inglaterra, Elizabeth II. A atriz ganhava menos que o seu par, Matt Smith, que vive o  príncipe Philip – marido da soberana.  Os produtores da atração alegaram que o ator recebeu mais devido à sua maior fama televisiva, tendo protagonizado o sucesso britânico Doctor Who durante quatro temporadas.  Após a confusão, a Netflix procurou compensar Claire com 200 mil libras, cerca de R$ 960 mil.

Leia mais:

Cate Blanchett dá seu recado sobre igualdade de gênero no cinema

Jane Fonda, aos 80 anos, diz que não faz mais sexo

Opinião: “Círculos” é uma obra madura de uma diretora que se interessa por pessoas