Beto Barreiros: “Um tributo à cozinha clássica francesa”

Fotos: Clóvis Medeiros/divulgação

Este foi o nome escolhido para o jantar do Clube dos Gourmets de Florianópolis, no Restaurante Nossa Senhora da Vitória, no Costão do Santinho. O momento foi coordenado por Iolanda e Fernando Marcondes de Mattos, Priscilla Coli e por mim, Beto Barreiros. Não seria igual se não contássemos com a colaboração de alguns amigos: Maria Helena e César Gomes, Eliana e Napoleão Amarante, Lúcia e Luiz Fernando De Vincenzi, Marise e Antônio Didoné, Maria Dirce e Joffre de Oliveira, Vicki e Paulo Cordeiro e Içuriti Pereira.

Brandade de bacalhau com caldinho de feijão
O jantar preparado pelo Chef Executivo do Hotel Internacional, Anderson Quevedo, e a eficiente equipe, teve como entrada esta junção de bacalhau com feijão, que surpreendeu a todos pelo sabor. Foi acompanhada de espumante Kriter rosé, da Borganha, França.

Haddock defumado com molho de espumante e mousseline de couve-flor
Este foi o primeiro prato. Pelos contrastes e o ponto incrível, merece nota 10. Foi harmonizado com o vinho branco Picpoul de Pinet, do Lanquedoc, França. O segundo prato foi Confit de pato com molho de uvas passas, ragu de maçã e purê. Foi servido com ele o vinho tinto Clos de Mures, do Lanquedoc, França. Prepare o seu haddock para 2 pessoas.

Ingredientes
300 g de haddock
200 ml de azeite
extravirgem
500 ml de espumante
300 ml de caldo de peixe
100 g de creme de leite
60 g de manteiga
300 g de couve-flor

Foto: Clóvis Medeiros/divulgação

Preparo
* Embale a vácuo o haddock com o azeite e coloque em banho-maria a 60 graus por 30 minutos e reserve.
* Para o molho, reduza espumante até 60% e junte o caldo de peixe e 30 g de manteiga. Após reduzir até a metade, adicione 80 g de creme de leite e deixe
reduzir até ficar cremoso.
* Para fazer a mousseline, embale à vácuo a couve-flor, 20 g de creme de leite e 30 g de manteiga. Coloque em banho-maria na temperatura de 80 graus e deixe cozinhar até a couve-flor ficar mole. Bata em um processador até ficar liso, corrija o sal, monte o prato e sirva.

Morangos em calda de aceto balsâmico e sorvete de canela
Esta saborosa e linda sobremesa, foi harmonizada com o Vinho do Porto Fonseca Tauny, e você também pode fazer em casa.

Ingredientes
100 g de morangos
100 ml de aceto balsâmico
35 g de açúcar mascavo
Sorvete de canela

Preparo
* Comece reduzindo até 60% o aceto balsâmico e o açúcar mascavo. Reserve.
* Corte os morangos em quatro e disponha em um prato com a calda de aceto fria.
* Após, coloque uma quenelle de sorvete de canela sobre eles e sirva.

 

Nagel e a Imprensa Oficial

Foto reprodução

O Jornalista e Colunista Nagel Mello, da cidade de Blumenau, quando foi nomeado pelo governador do Estado um dos diretores da Imprensa Oficial, localizada no bairro do Saco dos Limões, em Florianópolis, hospedou-se no antigo hotel Diplomata, perto da rodoviária. Diariamente, Nagel saia do hotel às 11h e sempre dava uma passadinha no Box 32. Depois de umas doses, “acabava matando o serviço”. Isto durou 40 dias. Até que um dia, ele resolveu driblar o Box, pegar um táxi e ir direto para a Imprensa. Chegando lá, havia uma greve dos funcionários, com cartazes e tudo, dizendo: “queremos Nagel”, “onde anda Nagel”. Para tristeza de todos, no dia seguinte Nagel pediu demissão. Continuou dando expediente no Box, até voltar para Blumenau e depois viver em Balneário Camboriú. Era admirado por todos e jamais aceitou outro cargo público.

 

Leia também:
Beto Barreiros: vieiras, aperitivo de berbigão e salada de camarão

Beto Barreiros: que tal provar mariscos com batatas fritas?