Bianca Andrade é acusada de apropriação cultural após publicar foto com black power

Jovem disse que não se arrependeu da postura na web

Bianca Andrade
Foto: Instagram/Reprodução

Com sete milhões de seguidores no Instagram, a digital influencer Bianca Andrade foi duramente criticada após publicar uma imagem em que aparece de black power. Nesta segunda-feira (7), a blogueira foi acusada de “apropriação cultural” pelos seguidores, que se revoltaram com os elogios no look por ela ser branca.

Na legenda, Bianca escreveu: “A liberdade de ser mil Biancas numa só (esse foi o meu cabelo quando tirei as tranças! Me achei bonita e tirei uma foto”. Nos comentários, diversos usuários teceram críticas. “Tá na moda ser negro, contanto que você não seja negro”, disse um deles. “O problema é usar o cabelo crespo como se fosse uma moda, quando na verdade é a principal característica e uma das mais relacionadas ao preconceito que muitas pessoas sofrem”, escreveu outro.

Leia também: Pabllo Vittar surpreende ao cantar trecho de canção gospel

Nesta terça-feira (8), Bianca voltou ao seu perfil para dizer que não se arrependeu da publicação e que busca mostrar que todas as pessoas “são iguais”.

— Quanto mais você quer ser livre, quanto mais você não quer agradar as pessoas e simplesmente respeitar suas vontades, mais você vai ouvir o que as pessoas têm a dizer a você, algumas vão ser respeitosas, outras não. Faz parte. O que eu aprendi com isso é tapar um pouco mais meus ouvidos para o externo e ouvir meu coração — disse ela em vídeos publicados nos Stories.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

A liberdade de ser mil Biancas numa só 🦋✌️ (esse foi o meu cabelo quando tirei as tranças! Me achei bonita e tirei uma foto!).

Uma publicação compartilhada por Bianca Andrade (@biancaandradeoficial) em