Big Brother Brasil estreia hoje com a participação de dois catarinenses

Alan Possamai, de Criciúma, e Diego Wantowsky, de Rio Negrinho, estarão na casa

BBB 19
Foto: Instagram/Reprodução

Já tem participante eliminado e “brothers” envolvidos em acusações de racismo e violência. Nem foi preciso Tiago Leifert dar início ao Big Brother Brasil, que estreia hoje, às 22h30min, na NSC TV, para as confusões começarem a pipocar nas redes sociais. O reality show, que é um dos mais amados e odiados da televisão brasileira, chega à sua 19ª edição com dois catarinenses: Alan Possamai, de Criciúma, e Diego Wantowsky, de
Rio Negrinho.

Diego tem um perfil curioso. Ele é o “caubói” da edição e confessou ser apaixonado por Britney Spears. O catarinense, que hoje mora em Curitiba, no Paraná, é criador de cavalos e empresário.

Leia também:

Big Brother Brasil 19: primeiro participante confirmado é catarinense de Criciúma

Nascido em Rio Negrinho, Santa Catarina, Diego é um dos participantes do BBB 19

Mas a primeira polêmica desta edição surgiu com o representante de Criciúma. Após a revelação dos nomes dos participantes, na quarta-feira passada, as redes sociais começaram a investigar os perfis dos “brothers”. Alan Possamai foi acusado de racismo por conta de algumas postagem encontradas em sua conta no Twitter. Em uma das mensagens, ele se manifestou contra a política de cotas: “Cotas deviam ser só de consórcio, não de universidade. Direitos iguais tem que ser para todo mundo… os melhores entram e deu!”. Horas depois, as publicações sumiram de seu perfil na rede social.

A família de Alan se manifestou pelo perfil no Instagram do participante, pedindo que as pessoas não acreditassem em notícias falsas que estavam sendo publicadas sobre ele.

Favoritos, eliminado e denúncias de agressão

Com idades entre 19 e 52 anos, os participantes apresentam características parecidas com os “brothers” das edições anteriores. No ano passado, a estudante Gleici Damasceno venceu o programa representando a periferia e a militância jovem. Agora, os concorrentes estão preocupados com o empoderamento feminino, veganismo e, mais uma vez, a luta
de classes.

Assim como em outros anos, há aqueles que geram expectativa por suas histórias de vida. O favoritismo para ir longe no programa já tem nome: Danrley, 19 anos, o mais jovem deste BBB. Morador da favela da Rocinha, no Rio, ele é estudante de Biologia da UFRJ e vende picolés na praia nos finais de semana. Por esta rotina, já garantiu admiração na internet antes mesmo de pisar na casa.

Já o primeiro eliminado não precisou passar pelo paredão. No sábado, a produção do programa anunciou a desclassificação de Fábio Alano, de 27 anos, nascido em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Em nota oficial, a emissora disse que “tomou conhecimento de fatos relacionados ao participante, avaliados como inadequados ao perfil dos competidores conforme o regulamento do programa”. Ele não será substituído.

Até a manhã de ontem, a Globo não havia divulgado mais detalhes sobre a eliminação. A suspeita, segundo divulgou o site Notícias da TV, ligado ao portal UOL, é de que o contrato de Fábio com uma marca de roupas de ginástica – ele é lutador de MMA e professor de Educação Física – teria provocado sua saída, por conta de uma cláusula no contrato com a Globo que não permite a associação dos participantes com marcas.

Outro participante que causou alvoroço foi o acriano Vanderson. Sua ex-namorada o acusou de agressão, assim como outras mulheres que dizem ter sido vítimas de abuso por parte do biólogo. A Globo informou que está investigando o caso e que iria tomar medidas cabíveis.

Neste cenário, o BBB 19 promete surpresas. A residência que recebe os “brothers” passou por 19 reformas e foi inspirada no universo do rei do pop Michael Jackson. Além disso, na semana passada, o diretor do programa, Boninho, afirmou que a atração vai “começar quente”:

– Eles vão tomar uma bomba de cara. Terça-feira (hoje) todo mundo vai ficar tonto.

Confira o perfil de todos os participantes

Alan, 26 anos — Nascido e criado em Criciúma, Santa Catarina, o administrador e empresário acredita que o ‘BBB’ pode promover a ele uma transformação radical. “Quero mudar a minha vida e, para isso, vou me arriscar no jogo. Acredito que sairei do BBB ainda mais maduro e me entendendo melhor”, fala.

Carolina, 33 anos — A baiana, publicitária e empresária, tem o prêmio como principal objetivo. “Minha expectativa é ganhar R$ 1,5 milhão. Acho que o programa vai me abrir novas oportunidades de trabalho também. No meu período na casa, quero aprender, ensinar e me divertir muito”.

Danrley, 19 anos — O carioca, estudante de Ciências Biológicas e vendedor de picolé, já faz planos para o prêmio. “Quero dar uma vida melhor para os meus pais. Nesse período, vou me mostrar para as pessoas, sempre enaltecendo a comunidade onde nasci, a Rocinha. Pretendo viver experiências incríveis no programa”, planeja o estudante que também dá aulas particulares de física.

Diego, 30 anos — Empresário e criador de cavalos, Diego mora em Curitiba, no Paraná, mas é natural de Rio Negrinho, município de Santa Catarina. Para ele, o ‘BBB’ é um sonho. “Sempre tive vontade de participar e me identifico muito com o programa. Quero conhecer pessoas bacanas e tentar ao máximo evitar brigas e discussões”, conta.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Vamos com tudo 🚀🚀🚀

Uma publicação compartilhada por Diego Wantowsky OFICIAL (@diegowantowsky) em

Elana, 25 anos — A piauiense da cidade de Bom Jesus é engenheira agrônoma e tem o sonho de cursar medicina. Ela vê o programa como uma alavanca para mudar de vida: “O que eu mais quero nesse mundo é dar uma vida confortável aos meus pais. Espero mostrar minha energia e sair mais madura”, declara.

Gabriela, 32 anos — Nascida em São Paulo, mas morando em Ribeirão Preto há 10, a percussionista é também artista plástica e produtora audiovisual. No ‘BBB’, ela pretende servir como exemplo para outras pessoas. “Quero que a minha história, identidade, etnia e reflexões sirvam, de alguma forma, para outras mulheres e meninas. Quero fazer amizades, dialogar e trocar experiências”.

Gustavo, 37 anos — Médico oftalmologista, Gustavo é nascido e criado na Zona Leste de São Paulo. Fã declarado do programa, ele diz que seu objetivo é jogar. “Sempre fui apaixonado pelo programa. O que mais me fascina é o jogo emocional e a competição. Minha expectativa é viver esse sonho o máximo de tempo e com intensidade. Espero sair realizado e rico”, brinca.

Hana, 22 anos — A bacharel em cinema e youtuber carioca quer entrar no reality para fazer muitos amigos e aprender a conviver com as pessoas: “Quero compartilhar meus ideais e meu estilo de vida. Espero sair de lá com mais paciência para conviver com todos, somando muito humor em tudo isso”, explica.

Hariany, 21 anos — Para a goiana, estudante de Design de Moda, ela é a cara do ‘Big Brother Brasil’. “Eu acho que serão os melhores dias da minha vida. Estou entrando de coração aberto com o objetivo de melhorar a condição da minha família e também dar um up na minha carreira”, planeja.

Isabella, 24 anos — Natural de Natal, Rio Grande do Norte, Isabella acabou de ser aprovada no vestibular de Medicina. No programa, ela quer mostrar para o Brasil a garra da mulher nordestina: “Vou viver e me entregar a esse momento único da vida. Quero mostrar o meu jeito de ser, quebrando padrões e jogando limpo. Espero sair com muita história boa para contar para os meus filhos, no futuro”, fala.

Maycon, 27 anos — Nascido em Minas Gerais e morando em São Paulo, Maycon vende queijos produzidos em sua cidade natal, Piumhi, e, nos fins de semana, trabalha como barman em uma casa de shows sertaneja. Ele espera a oportunidade de viver o BBB desde a primeira edição: “Espero sair melhor do que entrei, vou ser espontâneo e não forçado. Sou um cara do interior que veio para ganhar o mundo”.

Paula, 28 anos — Bacharel em direito, Paula tem 28 anos e é de Lagoa Santa, Minas Gerais. Com o ‘BBB’, ela espera não só mudar a vida financeiramente, mas também quer fazer muitos amigos: “Vou fazer o meu melhor e espero causar boa impressão ao público. Se eu conseguir pegar intimidade, vou ser muito divertida e falar muita besteira”, comenta.

Rízia, 24 anos — A jornalista Rízia é de São Miguel dos Campos, Alagoas. No programa, ela quer mostrar sua personalidade para o público e viver intensamente o jogo. “Minha expectativa é ser uma ótima jogadora, espero que as pessoas me conheçam. E quero ganhar o prêmio, claro!”.

Rodrigo, 40 anos — Cientista social especializado em direitos humanos e dramaturgo, o carioca vê no programa uma oportunidade para se transformar. “Será um momento único onde acredito que, ao sair, terei oportunidade de tocar meus projetos e ajudar minha família. Já consigo me imaginar saindo diferente e com maior autoconhecimento”, espera.

Tereza, 52 anos – Natural de Arcoverde, Pernambuco, Tereza é Psicanalista e Técnica de Enfermagem, com pós-graduação em Assistência Social e Psicologia e mestrado em Ciências da Educação. Ela não esconde de ninguém que gosta muito de aparecer. “Quero mostrar a todos uma mulher de 52 anos, nordestina, determinada, livre e que sabe o que quer”, diz.

Vanderson, 35 anos — O Biólogo e Coordenador Educacional Indígena é de Rio Branco, no Acre. Ele acredita que o programa pode lhe ajudar a dar voz a suas lutas: “Vi no BBB a oportunidade de mudar minha vida e da minha família, além de mostrar aquilo que acredito e minhas convicções pelas quais batalho”, destaca.

Vinicius, 40 anos — Nascido em São Paulo mas vivendo em Belo Horizonte desde os oito anos, Vinicius é Artista Plástico e também trabalha como Diretor de Arte e Designer Gráfico. Para ele, o ‘BBB’ pode lhe dará mais experiência para viver diferentes momentos. “Quero exercitar o autocontrole. Sempre fui fã do BBB e estou muito animado em participar. Vou ser o doido mais do bem que a casa já teve”, afirma.

*Com informações de Júlio Boll/Gaúcha ZH