Brad Pitt e Leonardo DiCaprio fazem pose para divulgar novo longa de Tarantino

Dupla deve interpretar atores que tentam se firmar em uma Hollywood invadida pela contracultura nos anos 1970

tarantino
Estrelas de outros filmes de Tarantino, Brad Pitt e Leonardo DiCaprio posam para foto de "Once Upon a Time in Hollywood". Foto: Reprodução/Instagram

Uma “pontinha” para atiçar a curiosidade dos fãs: a dupla Brad Pitt e Leonardo DiCaprio, protagonistas do próximo filme do cultuado diretor Quentin Tarantino, aparece com trajes dos anos 1970 na primeira foto de divulgação do longa Once Upon a Time in Hollywood, previsto para estrear em agosto de 2019.

A foto foi divulgada no Instagram de DiCaprio nesta quarta-feira (27). O filme traz a dupla de galãs interpretando uma antiga estrela de televisão, Rick Dalton (DiCaprio), e seu dublê, Cliff Booth (Pitt) tentando conquistar espaço em uma Los Angeles tomada pelos hippies e a contracultura durante a transição dos anos 1960 para 1970.

Em um cenário repleto de diretores que tentavam imprimir em seus filmes o tom do momento rebelde e revolucionário da época, Rick Dalton, acostumado com o gênero do faroeste, tenta se reinventar. Sua vizinha é ninguém menos que a atriz Sharon Tate, esposa do polêmico Roman Polanski, que se tornará vítima de Charles Manson. A trama real é considerada um dos crimes mais curiosos do século 20. O nome do longa é uma referência a um clássico do faroeste, Era Uma no Oeste (1968), do italiano Sergio Leone.

Tanto DiCaprio quanto Pitt já estrelaram filmes de Tarantino. Em Django Livre (2012), o primeiro viveu um milionário que recruta escravos para lutar em sua plantação. Já Pitt vive um integrante de um grupo rebelde de judeus que promete caçar e torturar nazistas em Bastardos Inglórios (2009)

First look. #OnceUponATimeInHollywood

Uma publicação compartilhada por Leonardo DiCaprio (@leonardodicaprio) em

Leia também: 

Andréa Beltrão e Daniel Boaventura divulgam primeira foto como Hebe Camargo e Silvio Santos

Mais uma vez obra tem restauração mal sucedida e revolta autoridades na Espanha