Bruna Marquezine após ataque no Instagram: “Não precisamos de mais ódio”

Bruna
Bruna

Bruna Marquezine se manifestou através das redes sociais sobre o brutal assassinato da vereadora do PSOL Marielle Franco, e acabou sendo alvo de ataque de alguns de seus seguidores. Alguns usuários não concordaram com a postura da atriz e criticaram os posts.

“Eu não sou negra, nem nasci na favela. Nunca serei capaz nem de imaginar o tamanho da luta dessa mulher, e de tantas outras, mas não preciso ter a mesma cor de pele da Marielle pra defender todas suas causas, pra lutar por mais igualdade, pelos direitos das mulheres na sociedade, pelos direitos das mulheres no poder”, dizia um trecho do post.

 

 

Nos comentários, os usuários aproveitaram para expor suas opiniões e a atriz acabou respondendo à alguns.

“Mais uma idiotizada da Globo. Ô povinho que gosta de se promover às custas dos outros. Oportunistas. Sim, oportunistas! Não quero crer que essa futura atriz tenha de fato compartilhado esses pensamentos imbecis dos autores dos textos”, comentou um seguidor.

Bruna respondeu ao comentário:

“Quanta agressividade, Lucca. Pra que tentar me ofender? Só porque você não concorda com a minha maneira de pensar? Exponha sua opinião de maneira educada aqui, respeitando a minha. Ou então use sua página e sua voz pra isso. Não é preciso atacar ninguém. Não precisamos de mais ódio e violência”, rebateu a atriz.

Leia mais:

Ensaio de festa de 15 anos com tema relacionado à escravidão gera revolta nas redes sociais

Sete motivos que fazem do Instagram o habitat dos solteiros