Duas boas opções de brunch para experimentar em Florianópolis

Não tenho hábito de tomar café da manhã, apesar de amar a ideia de uma mesa composta por uma variedade de pães, frios, frutas e sucos. Sei que na vida real é complicado, por isso, guardo meu apreço por café da manhã para quando me hospedo em algum hotel ou quando saio para tomar café da manhã na rua.

Ah, o brunch! Desde que conheci, eu amo brunch, a ideia de unir café e almoço, de não ter um horário específico, de ter opções de todos os tipos. Acho que posso dizer que é minha refeição favorita!

Recentemente descobri dois lugares diferentes, mas com conceitos parecidos, ambos no Bairro do Santa Mônica, em Florianópolis. Eles ganharam meu coração, por isso, fui obrigada a vir aqui apresentar para vocês também, caso ainda não conheçam!

O primeiro abriu recentemente, na Madre Benvenuta. O @1313.cafe fica junto a um cowork e tem espaço moderno, wi-fi poderoso, tomadas para todos os lados e um cardápio enxuto de encher os olhos. Quase 100% do que é oferecido no cardápio é preparado por eles de forma artesanal, com produtos orgânicos, com preferência para produtores e empresas locais. O que não é, eles têm o mesmo cuidado em saber a procedência e forma de trabalho. No cardápio opções de saladas, sanduíches, bolos e tortas.

O brunch do @1313.cafe acontece todos os sábados, com destaque para o último do mês, onde eles recebem várias atrações, música ao vivo e feirinhas. O valor fixo de R$ 25 incluí: torradas com manteiga, ovos mexidos (com presunto royal ou cogumelos), bolo de cenoura orgânica com chocolate belga, salada de frutas com creme de leite fresco, suco de laranja e café – que é à vontade.

É apenas espetacular! O ambiente é tão agradável e a comida tão deliciosa, que é o tipo de lugar que você quer frequentar sempre!!

Minha segunda dica fica em uma travessa da Madre Benvenuta. A @origemm fica em uma casa linda, cheia de verde, e recheada de delícias. Totalmente livre de glúten e lactose, o cardápio da @origemm é funcional e em sua maioria vegetariano/vegano, e as opções são incríveis! Eles trabalham com saladas no pote – de vidro obviamente -, salgados assados, doces – o brownie deles é incrível -, e produtos pra levar pra casa – sementes, farinhas e orgânicos.

Totalmente conscientes, os sócios se preocupam com o meio ambiente. Lá não são utilizam canudos, e as embalagens plásticas são utilizadas o mínimo necessário, os resíduos orgânicos são levados para a @agroecologia e os talheres descartáveis são biodegradáveis. Outro fato legal é que a cada pote vendido R$ 1 é revertido para um projeto social da cidade.

O brunch acontece todos os sábados, e é totalmente vegano. Eles servem uma mesa linda com pães sem glúten, pastinhas e bolos. Quando fui tinha um pudim de chia delicioso, quiche de cogumelos, chá gelado e quente, além do café, é claro.

O valor é R$ 43,90 por pessoa, para comer à vontade. O cuidado a gente vê até na hora de identificar os pratos. São utilizadas folhas secas caídas das árvores. Sai do meu primeiro brunch vegano completamente apaixonada e cheia de amor e vontade de mudar alguns hábitos.

Em ambos lugares, o que eles acreditam é tão forte e real, que passa a paixão para os clientes, traz consciência e alerta para a forma em que vivemos, que utilizamos produtos, que descartamos o lixo. Eu estou começando e tentando criar mais consciência, meu primeiro passo foi abolir o canudo de plástico descartável. Algo tão simples e que tem um impacto tão grande no meio ambiente!

Espero que tenham curtido as dicas de hoje!