Foto de cachorrinha de Boechat esperando sua chegada emociona o Brasil

Nina espera por Boechat (Foto: Reprodução/Instagram)

Mais de 100 mil pessoas reagiram a postagem de Veruska Seibel Boechat na noite desta quinta-feira (21) em seu perfil do Instagram. Mulher do jornalista Ricardo Boechat, morto em um acidente de helicóptero na semana passada, Veruska afirmou que toda noite a cadela Nina, de três anos, fica no alto da escada esperando o dono chegar do trabalho.

— Toda noite ela fica no alto da escada esperando ele voltar da Band — escreveu.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Toda noite ela fica no alto da escada esperando ele voltar da Band.😢

Uma publicação compartilhada por Veruska Seibel Boechat (@doceveruska) em

A cachorrinha aparece em diversos posts da rede social de Ricardo Boechat, acompanhando o jornalista até mesmo nos estúdios do jornal.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Eu, @palomatocci e Nina, daqui a pouco no Jornal da Band.

Uma publicação compartilhada por Ricardo Boechat (@boechatreal) em

Em uma publicação de novembro do ano passado, Veruska conta que Nina foi adotada depois de ser tirada bebê de um canil que maltratava cães.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Minha conta do Instagram foi hackeada e só por isso estou dando feliz aniversário para a Nina, nossa cadela que eu não queria ter de jeito nenhum, só sucumbi de tanto que as meninas me encheram. Obviamente hoje não seria eu a comemorar os 3 anos (3 x 7 = 21, ou seja, a maioridade) dessa criaturinha.🤣🤣🤣🤣 Como ela foi adotada depois de ser tirada bebê de um canil que maltratava cães, não sabemos a data exata do seu nascimento, mas o veterinário deduziu 30 de novembro na primeira consulta e foi a data que ficou. Parabéns, Nina. Assinado: Hacker. Veruska nunca quis cachorro então jamais daria parabéns nem admitiria adorar a Nina.🤗😇😉😍🤣🤦🏻‍♀️ #doceveruska #nina #pet #adoção #adopt #happybirthday #comquemserá

Uma publicação compartilhada por Veruska Seibel Boechat (@doceveruska) em

Leia também:

Famosos lamentam a morte do jornalista Ricardo Boechat