Campanha para Green Valley voltar a ser o clube nº 1 do mundo vai até quarta-feira (14)

A campanha  para colocar o Green Valley no topo do ranking dos melhores clubes do mundo da revista DJ Mag chega ao fim na quarta-feira (14). Atualmente em terceiro no pódio, o Green Valley é o único fora da Europa a ganhar o título por duas vezes – em 2013 e 2015 – e agora busca novamente o primeiro lugar. Para votar, basta entrar no site da DJ Mag.

Em 2017, o clube de Camboriú perdeu o segundo lugar (onde estava em 2016) para a lendária Fabric, de Londres, que subiu 14 posições em relação ao ano anterior. Já o primeiro lugar ficou com o Space Ibiza – pela última vez, já que o clube fechou as portas após 27 anos de atividade.

Relembre as posições do Green Valley em anos anteriores

Em 2010, o Green Valley estava em 27º lugar e no ano seguinte pulou para terceiro. Desde então, disputava as primeiras posições com o Space Ibiza. O clube espanhol ocupou o primeiro lugar do ranking em 2011. Em 2012 e 2014, continuou no topo com o Green Valley logo atrás, em segundo. Em 2013 e 2015, o jogo virou: o primeiro lugar ficou com o clube de Camboriú e o segundo com o de Ibiza. Em 2016, virou novamente, com Space Ibiza em primeiro e Green Valley em segundo.

Veja a posição de outros clubes catarinenses na lista

O Brasil teve oito representantes no ranking de 2017, quatro deles catarinenses. O Warung, da Praia Brava em Itajaí, caiu quatro posições em relação a 2016 e ficou está em 25º. A publicação afirmou que o clube tem trazido a crème de la crème do house e techno underground antes de todo mundo, e destaca o cenário espetacular do clube (o famoso nascer do sol visto de dentro da tenda é, de fato, inesquecível).

Já o El Fortin, de Porto Belo, subiu doze posições e ficou em 28º em 2017. A DJ Mag destacou o crescimento do clube, que dobrou sua capacidade, e o apoio a artistas locais do gênero como Vintage Culture, Victor Ruiz e Gustavo Mota. Há ainda, em 69º, o Matahari, de Indaial, que caiu 32 posições em relação ao ano passado.

Leia mais

No Carnaval, o Green Valley recebe Steve Angello e Vintage Culture. Sócios do Clube do Assinante têm desconto de 15% na compra do ingresso antecipado

Warung: Gustavo Conti fala sobre o passado e o futuro do templo

Siga a luz vermelha: festinhas em repúblicas resgatam espírito de fraternidade e vão na contramão das grandes baladas universitárias