Candidíase: veja como prevenir problemas de saúde comuns no verão

Foto: Roberto Nickson / Unsplash, Divulgação

Verão é assim mesmo: bom é ir para a praia bem cedinho e só sair de lá quando o sol se por. Ou então curtir o dia inteiro na beira da piscina, perto de um rio. Só que junto com a diversão na água, a temporada quente traz problemas bem conhecidos das mulheres: as doenças causadas por fungos. Ficar com as roupas úmidas depois de um dia de praia ou mesmo depois de atividades físicas e o calor são os principais fatores para proliferação da candidíase e frieiras.

— Nessa época do ano, a maior queixa das mulheres são a coceira e vermelhidão na vagina. A causa principal de corrimento vaginal e infecção é o fungus candida, a candidíase, que se prolifera em ambiente úmido. Forma corrimento com pruído e coceira — explica o médico ginecologista Ricardo Maya Samways, da Associação Catarinense de Ginecologia e Obstetrícia

Como prevenir

Roupas molhadas

Evite ficar com biquíni molhado. A dica é sempre levar uma calcinha e roupas extras na bolsa de praia para trocar na volta para casa.

— Lembrando que a lycra, mesmo seca, retém a umidade e altera a flora vaginal — diz o Dr. Maya Samways.

Absorventes

O uso prolongado de absorventes também pode provocar candidíase. O ideal é evitar usar os internos por muito tempo. Se puder, evite protetores diários também.

Roupas arejadas

Opte por lingeries de algodão, que irritam menos a pele e a mucosa da vagina. Também aproveite o calor para usar roupas arejadas.

Dicas de tratamento

Mesmo que você já tenha passado pelo desconforto de uma doença causada por fungo, o ideal é sempre procurar médico. Um profissional vai ajudar a identificar o tipo de fungo e se os sintomas não são decorrentes de bactéria ou Doença Sexualmente Transmissível (DST).

— O tratamento é feito com antifúngico oral e vaginal. Banho de assento é coadjuvante e pode ajudar no tratamento — orienta o médico ginecologista.

Leia também

Da cor do verão: veja dicas para um bronzeado lindo e saudável

Takeuchiss: fotógrafas de SC estão entre as 10 mulheres que estão mudando a forma como o feminino é representado