Catarinense cria roupas com QR Code e ganha destaque no Encontro com Fátima Bernardes

Com o projeto, a estudante já registra algumas importantes conquistas

Foto: Reprodução/TV Globo

A estudante catarinense Eliane Baron teve a oportunidade de mostrar nesta quarta-feira a sua criação no programa Encontro, apresentado por Fátima Bernardes. Vencedora do 6º Prêmio Brasil Sul de Moda Inclusiva, ela decidiu aplicar um QR Code em peças de roupas que, ao ser lido por um celular com câmera, informa a descrição para o deficiente visual.

— Minha primeira inspiração foi o espaço. As roupas foram criadas especialmente para deficientes visuais que, mesmo não podendo ver o mundo como nós, eles enxergam à sua maneira, contou Eliana.

Ela procurou solucionar problemas como a identificação da cor da roupa a ser usada pelo cego.

— Um deficiente visual não consegue saber que cor é aquela roupa que ele vai vestir, não tem autonomia na hora de vestir, nem na hora de comprar. Por isso apliquei uma etiqueta com leitor de QR Code e desenvolvemos um aplicativo que faz a leitura.

Com o projeto, a estudante já registra algumas importantes conquistas. Ganhou 80 metros de tecido da Renaux View, estágio por uma semana na empresa para criar a própria coleção e as etiquetas para aplicar em três coleções, oferecidas pela Haco, além de licença para aplicações desenvolvidas pela Audaces.

Leia também:

Quem é o jovem estilista catarinense que apresentou coleção na São Paulo Fashion Week