The Voice Brasil: Saiba tudo sobre a catarinense que brilha no time de Ivete Sangalo

Marine Lima, de Catanduvas, já passou pela segunda fase do programa

marine lima
Foto: Instagram/Divulgação

Catarinense de Catanduvas, Marine Lima está no time de Ivete Sangalo no The Voice Brasil e já está classificada para próxima etapa do reality. Aos 20 anos, Marine já vive de música. Em sua cidade ela toca em bares, casamentos e eventos, além de dar aula particular de canto, violão e de musicalização infantil na cidade vizinha, Herval d’Oeste.

A estudante de psicologia há quatro anos vive da música, mas começou a cantar com influência da família, aos oito anos de idade.

Leia também: Dois catarinenses são aprovados no último dia de audições às cegas no The Voice Brasil

Cadu Duarte, o catarinense que se destaca no time de Lulu Santos

– Meu pai é gaiteiro e aprendeu vendo meu avô tocar. Minha mãe sempre cantou nos cultos da igreja e minhas irmãs também sempre cantaram em festivais da canção – que são bem tradicionais na região -, e foi aí que eu comecei a cantar. Eu tinha oito anos quando elas me chamaram para participar pela primeira vez de um festival. Ensaiamos uma música, deu certo e comecei a ir com elas. E mais tarde eu também aprendi a tocar violão.

Em Catanduvas, ela sempre foi conhecida pela musicalidade. Sempre acompanhada do violão, ela cantava e tocava na igreja, nas missas e grupos de orações. Para o Brasil, Marine apareceu no The Voice e virou as cadeiras de Carlinhos Brown, Lulu Santos e Ivete Sangalo com uma canção de Janis Joplin, Piece Of My Heart.

– Não sei nem explicar a emoção e o que aconteceu naquele momento. Antes de subir no palco eu estava muito nervosa, mas eu respirei fundo várias vezes. E pensei: ‘Eu tenho que dar o meu melhor, independente do que aconteça, eu vou fazer o meu show para o público’. Eu estava um pouco nervosa no início, mas quando a Ivete virou eu já consegui ficar mais tranquila. É uma sensação maravilhosa. Eu sempre lutei por isso, por esse reconhecimento.

Na fase de batalhas Marine enfrentou a paulista Isa Salles com a música de Jessie J – uma de suas inspirações musicais -, Do It Like a Dude, e foi escolhida por Ivete para permanecer no time.

– Eu fiquei muito nervosa nessa etapa, principalmente por essa coisa de comparar uma pessoa com a outra. Isso na música não é muito bacana, porque você olha para uma pessoa e ela tem uma característica, é boa igual, só que com características diferentes. E o técnico tem que ficar com uma só. Isso dá uma tensão maior na hora da apresentação, porque eles estão nos comparando com outra pessoa.

 

Próximas fases do The Voice Brasil

Avançando na competição, a catarinense precisou reorganizar sua rotina. Com as viagens para o Rio de Janeiro para gravar os programas, as aulas já foram repassadas para outra professora e o curso de psicologia foi trancando até o fim do reality.

– Eu estou priorizando, nesse momento, a minha participação no programa. Parei tudo para conseguir me dedicar ao The Voice.

Essa já é a segunda tentativa de Marine em participar da atração. Na primeira vez, a catarinense foi desclassificada ainda na fase regional.

– Há anos eu queria participar, mas só me inscrevi duas vezes. Na edição de 2016 e nesse ano. Nas duas eu passei na primeira seletiva e fui para Porto Alegre, mas na primeira vez eu não passei da etapa regional. Depois de não ter passado eu fiquei desmotivada, achando que não era para ser, mas nesse ano várias pessoas me incentivaram e resolvi arriscar novamente.

E é com o apoio do público que Marine espera passar pelas próximas fases do reality. A jovem cantora volta ao palco do The Voice já para as apresentações ao vivo, em que o público votará para escolher os candidatos que seguem na competição.

– Aqui na minha cidade já tem uma torcida, ainda mais que é uma cidade pequena. Essa é a melhor parte: o reconhecimento. Perceber que grandes nomes da música nacional estão falando bem do meu trabalho e também o reconhecimento nas ruas.