Celebridades têm casas destruídas por incêndios na Califórnia

Artistas relataram episódio em suas redes sociais

Casa de Gerard Butler, em Malibu, não resistiu às chamas que atingem o norte e o sul do estado americano

Os incêndios florestais que arrasam o norte e o sul da Califórnia, nos Estados Unidos, desde quinta-feira (8), deixaram mais de 60 mil casas destruídas —  entre elas de celebridades conhecidas. Nas redes sociais, o ator Gerard Butler e o músico Neil Young compartilharam o episódio em seus perfis pessoais.

“Retornei para minha casa em Malibu após a evacuação. Momento doloroso em toda a Califórnia. Inspirado como sempre pela coragem, espírito e sacrifício dos bombeiros. Se você puder, apoie esses homens e mulheres corajosos”, escreveu Butler no Instagram, onde agradeceu aos profissionais da corporação e compartilhou a página para a doações. O ator postou ainda um vídeo que mostra a residência completamente destruída.

Em comunicado no seu site oficial, Neil Young disse ser a segunda vez que tem sua casa queimada no Estado e aproveitou para criticar o presidente, Donald Trump:

“A Califórnia é vulnerável — não por conta da administração florestal deficiente como o DT (nosso suposto presidente) nos faria pensar. Somos vulneráveis por conta da mudança climática; os eventos climáticos extremos e nossa seca prolongada fazem parte disso. Imagine um líder que desafia a ciência, dizendo que essas soluções não devem fazer parte de sua tomada de decisão em nosso nome. Imagine um líder que se preocupa mais com sua opinião conveniente do que com as pessoas que lidera.”

Outros atores e atrizes tiveram que deixar suas casas, entre eles Lady Gaga, Kim Kardashian e Will Smith.

Desde a quinta-feira (8), a Califórnia é atingida por dois grandes focos de incêndio, um no norte e outro no sul do Estado. As chamas deixaram ao menos 31 mortos e 67 mil imóveis destruídos. O fenômeno já atingiu 45 mil hectares e foi contido em apenas 25% da área.