Colunistas da Versar elegem o que vai bombar em 2018

Foto: Felipe Carneiro

Já se sabe que a cor de 2018 é a ultravioleta e que ser mais real nas redes sociais tem sido bem aceito, a tendência é que, com o Stories do Instagram, isso continue em 2018.  Os colunistas da Revista Versar sugerem o que vai bombar no ano novo na moda, gastronomia, viagens e design:

Na moda, por Lucca Koch

Foto: Felipe Carneiro

O universo esportivo na moda, antes comum nas academias, ganha ares de luxo. 2018 será o ano da sobreposição. Vestidos serão usados com jaquetas e até por cima de camisetas básicas. Ainda existe o uso do sutiã ou top por cima da blusa.

• A alfaiataria sendo combinada com peças casuais caminham para cada vez mais estarem inseridas no dia a dia de forma bem confortável. As tonalidades que estarão em alta serão as cores neutras, em especial as que puxam para os terrosos, além é claro do ultravioleta.

• Outro ponto importante será o consumo cada vez mais consciente. Estamos entrando na era do slow fashion. Aqui em Santa Catarina existem marcas aderindo à filosofia, usando materiais biodegradáveis e reaproveitando água de chuva na produção.

• O jeans ganha status de sustentável com a utilização de fibras de poliéster de garrafas PET recicladas, além da reutilização do algodão, que resulta em zero resíduos e redução de insumos.

• Peças-chave
Mulheres: macacão
Homens: jaquetas (bomber, jeans, perfecto, parka)

Na gastronomia, por Renata Diem

Comida – Pratos vegetarianos de personalidade, carnes vegetais como a jaca desfiada e ingredientes frescos cultivados por pequenos produtores locais irão conquistar mais espaço até mesmo na vida de quem não costuma direcionar a alimentação para esse paladar.

Bebida – Já ouviram falar de coquetéis culinários? Alguns mixologistas pelo mundo estão explorando elementos e técnicas da alta gastronomia e criando bebidas surpreendentes em cima de novas texturas, aromas e sabores. Diferentes especiarias e ervas e até mesmo foie gras, curry verde e molho de peixe são alguns dos ingredientes utilizados.

Em viagens, por Emilim Schmitz

Praia em Zanzibar, na África.

Todo final de ano, agências e sites de turismo e reservas fazem um levantamento dos lugares mais procurados para o ano seguinte. Entre eles estão destinos fora do comum como Zanzibar (Tanzânia), Dakar (Senegal), San Miguel de Allende (México) e Gangneung (Coreia do Sul), no topo da lista em função da Olimpíada de Inverno. Os destinos queridinhos, como Paris, Nova York, Miami e Orlando, seguem em alta. Mas Japão, Austrália e África do Sul também ganham a atenção dos brasileiros. Os viajantes estão querendo experiências mais tranquilas sem precisar gastar muito, por isso cabanas na mata, retiros alpinos e espirituais e até o próprio glamping (acampamento de luxo e com conforto) estão sendo muito procurados. O litoral brasileiro e praias movimentadas são tendência também.

No design, por Sandro Clemes

Quanto à casa, a tendência eterna é criar um lugar que fale sobre você, autêntico e acolhedor. Nessa direção, surgem os móveis de linhas suaves, materiais naturais – como a madeira, as cores neutras, valorizando a luz do dia, objetos de família com suas memórias afetivas, trabalhos manuais como teares, caligrafias e desenhos.

Na pele, por Theo Raych

Segundo o tatuador, a tendência para 2018 será o Blackwork, com linhas finas e desenhos com temas botânicos, animal e geométricos.

Leia mais:

Martha Medeiros: como uma pequena troca pode mudar seu 2018 

11 shows para curtir no litoral catarinense na primeira quinzena de janeiro