Conheça restaurantes que servem delícias da culinária japonesa com desconto do Clube NSC

Foto: Cristiano Estrela

Comida leve, feita com ingredientes frescos, da época, sem conservantes e pouca gordura. A comida japonesa se destaca por ser uma pedida para quem busca saúde. Mas, pensando nisso ou apenas em saborear um bom prato, você precisa conhecer o Manaká, restaurante oriental que fica num cantinho bem especial, no Itacorubi, em Florianópolis.

O caminho para achar uma casa acolhedora e cheia de sabores é por uma rua bem estreitinha. Lá, o chef e proprietário William Hideki Yoshikawa nos recebe com uma variedade de pratos que fazem parte do cardápio e alguns que você pode sugerir na hora, e ele, cheio de criatividade e maestria na cozinha, vai servir uma maravilha.

Que tal então juntar sabor, saúde, ambiente diferenciado e desconto? Sim, sócios do Clube NSC podem conhecer o Manaká e suas receitas e na hora de pagar a conta receber um desconto de 20% no valor total do consumo.

Confira a entrevista que fizemos com o chef William e conheça um pouco mais sobre o espaço.

Você é descendente de orientais? Vem de casa o gosto pela culinária oriental?
Sim, sou primeira geração aqui no Brasil, nissei. Meu avô por parte de mãe já era restauranteiro no Japão e veio para o Brasil em busca do sonho de uma vida melhor. Eu me sinto dando continuidade a este sonho, me sinto herdeiro desse avô, já que com ele aprendi um pouco da cozinha mundial. Vem de casa o gosto pela culinária japonesa, sempre tive acesso às receitas e o conhecimento através da minha mãe, inclusive teve um período na minha infância que me via a única criança na escola que levava de merenda o onigiri (bolinho de arroz típico japonês).

Quando começou a trabalhar em restaurante?
Assim que me formei como engenheiro agrônomo com especialização em tecnologia de alimentos, vim de São Paulo para Florianópolis, assim como meu avô, em busca de uma vida melhor, que encontrei no restaurante Sol da Terra, minha primeira oportunidade na área gastronômica. O restaurante Sol da Terra foi muito importante para minha história, por ser um espaço de comida natural. Foi onde tive minhas primeiras experiências da culinária fusion e tive oportunidade de trazer um pouco da culinária asiática e me aventurar em novas receitas e técnicas.

Como surgiu o Manaká?
Depois de muitos anos trabalhando em restaurantes, de diversos segmentos, senti necessidade de empreender. Os ideais do Manaká sempre foram muito claros, nosso objetivo vai além de servir pratos deliciosos e especialmente elaborados. O Manaká é uma experiência, de sabor, de ambiente, de tranquilidade. Nós queremos alimentar o corpo, a alma e o espírito. Nós, desde o início, deixamos claro para nossos clientes, que nós estamos aqui para ouvir eles, atender aos pedidos e personalizar ao máximo o atendimento.

Foto: Cristiano Estrela

Há quanto tempo existe o Manaká?
A abertura do Manaká foi um processo, de busca do local perfeito, de montagem do cardápio, encontrar a equipe… As portas estão oficialmente abertas há seis meses.

Como encontraram um local tão bacana para abrir o Manaká?
Por um ano busquei o lugar ideal para abrir o Manaká, que tivesse tranquilidade, natureza e que não fosse longe do centro. Como um oásis, onde os clientes podem curtir nosso jardim, nosso silêncio e principalmente, nossa gastronomia.

Qual o prato mais pedido?
Como o cardápio mudou bastante desde a inauguração, cada período tem seu favorito. Recentemente lançamos o cardápio de inverno, e nele o prato mais pedido e o Teishoku – refeição tradicional japonesa que vem em diversas miniporções, equilibradas, buscando oferecer uma refeição saudável e balanceada para o cliente. A versão asiática do nosso PF.

Qual o prato preferido do chef?
Assim como o cardápio, meus favoritos mudam. Atualmente o Lámen, por ser um prato quente e encorpado, para os dias mais frios.

Uma dica para dar mais sabor aos pratos?
Unir técnica e conhecimento com a paixão pela gastronomia. Essa sempre foi minha busca.

Pode nos contar qual o peixe mais saboroso?
Sempre o da estação!

Alguma receita quente para os dias mais frios?
Nosso prato secreto. Temos algumas opções que não estão no cardápio, que as vezes postamos em nossas redes sociais. O cliente pode solicitar com antecedência.

Qual o horário de funcionamento?
De segunda a sábado das 11h30min às 15h. Logo estaremos trabalhando com Delivery. Também trabalhamos com eventos, jantares, aniversários, formaturas.

 

Confira outras opções de restaurantes de
comida japonesa parceiros do Clube NSC:

Foto: Tokomaki/Divulgação

JOINVILLE: Em Joinville a referência em comida japonesa é o Tokiomaki. A franquiada oferece sushis de uma forma simples e prática, criando opções entre todas as variações que a culinária japonesa tem a oferecer. Servindo de uma forma única, em um ambiente inovador, aconchegante e clean. O Tokiomaki fica na Rua Alexandre Dohler, 40 – Centro, Joinville. Pedidos pelo delivery no telefone (47) 3278-5519. Sócio do Clube NSC têm 20% de desconto no valor total do pedido – exceto promoções.

Sashimi de salmão trufado do Sin Gastronomia. Foto: Leo Munhoz

FLORIANÓPOLIS: Com um cardápio variado que atende diversos paladares, o Sin Gastronomia oferece opções de sushis para os amantes da comida japonese. Tem unidades em Jurerê Internacional e Centro de Florianópolis. Opções de grelhados, saladas e hamburgueres completam o menu. O restaurante está localizado na Rua Bocaiúva, 2297 – Centro, e também na Avenida dos Búzios, 400 – Jurerê Internacional. Sócio do Clube NSC tem desconto de 20% no valor total de consumo.