Confira dicas de como usar a pantacourt

Consultora de moda explica como usar a peça de forma correta

pantacourt
Fernando Willadino/Divulgação

A calça pantacourt apareceu na coleção de várias marcas, e não foi só para o verão. A calça já é uma tendência há pelo menos três anos, quando voltou a ser aposta de alguns estilistas no mundo. Mas ela ainda gera polêmicas, para algumas pessoas a calça pantalona mais encurtada teria restrições em seu uso, o que a consultora de moda Giórgia Valverde não concorda.

– Precisamos desmistificar algumas regras impostas pela moda. A calça pantacourt é para todos os tipos de mulheres e estilo, independente do modelo – pontua a
consultora.

Leia também: Jeans: modelos e lavagens mais clássicas estarão em alta no verão

Para Giórgia o mais importante é saber utilizar a peça de forma que valorize aquilo que a mulher deseja.

– Sou suspeita para falar, pois a pantacourt é uma das minhas peças preferidas, e das que eu mais me sinto confortável. Ela é um curinga no guarda-roupa e pode ser uma peça- chave inclusive em outras estações. Acredito que ela veio para ficar e não vai sair tão cedo de moda. Só estamos reinventando-a em várias alturas e modelagens – avalia.

Se você também tem dúvida de como incluir a modelagem de calça em suas produções, a consultora dá algumas dicas. Confira:

Para as baixinhas o ideal é apostar no look monocromático ou macacão, pois dão a sensação de alongar a silhueta, independente do sapato que estiver sendo utilizado no look. Sandálias em tom nude e de salto, obviamente irão alongar mais a silhueta. A mulher que se assume baixinha pode usar a pantacourt sem salto tranquilamente, e para dar a sensação de alongar a silhueta a cintura deve ser bem marcada. Aposte em blusas, body ou camisetas que fiquem para dentro da calça, porque isso irá dará a impressão de um corpo mais alongado.

Para as mais altas temos opções mais longas e outras mais no estilo bermudão. E todas elas estão corretas. Para as altas, o legal é reforçar que a pantacourt pode estar em vários tamanhos e não necessariamente no meio da canela. Pode ser um pouco acima do tornozelo ou até pouco abaixo do joelho.

pantacourt
A loja Antonella apresentou algumas produções com pantacourt no desfile do Confraria da Moda. Foto: Fernando Willadino/Divulgação

Para quem tem quadril largo ela é uma ótima opção, pois tem o corte mais reto e aberto embaixo, o que dá um equilíbrio com o quadril, principalmente se ela for um pouco mais alongada, abaixo da metade da panturrilha. Em formato mais curto ela também vai dar essa sensação, dependendo do que estiver usando de calçado. Um sapato muito rasteiro pode dar a sensação visual de que achatou a silhueta e alargou o quadril, mas via de regra não, pois ela não fica colada no corpo.

A pantacourt estampada não achata a silhueta como muitas pessoas pensam, mas pode dar a impressão de um quadril mais volumoso. Estampas maiores dão essa impressão de aumento lateral e não vertical. Para quem não tem muito quadril pode ser uma boa opção.

Modelos em couro e jeans são mais estruturados e perdem um pouco do movimento característico da pantacourt, mas também podem ser utilizadas por todos os biotipos.

Para looks mais formais a pantancourt pode ser uma excelente escolha, já que nada mais é do que uma pantalona mais curta, por isso, combina perfeitamente em looks formais. Ela pode ir para festa, mas com cuidado. Se for uma colação ou uma festa de formatura reservada para família. Em ocasiões mais formais é interessante que ela tenha o movimento de uma pantalona, com tecidos fluidos, que deem a sensação que é quase uma saia.

No trabalho, ela combina perfeitamente com blazer, camisa, salto alto, scarpin, plataforma, ou até com sandálias mais pesadas.

Clique aqui para saber tudo sobre o Confraria da Moda