Receita de cozido para os dias mais frios

cozido
Foto: Beto Barreiros / Arquivo Pessoal

O cozido é uma saborosa herança da colonização portuguesa. É ótimo para reunir a família e amigos nos dias frios. É um prato único e coletivo e seu preparo começa no dia anterior com a colocação de alguns ingredientes de molho. É fácil de fazer, basta começar pelos alimentos mais duros e finalizar com as folhas de couve.

Ingredientes (serve 12 pessoas)
3kg de carnes defumadas: lombinho, costela suína, bacon, paio e linguiça
4kg de carnes: músculo, costela de boi, peito de boi e ossobuco
1 ½kg de carne seca
500g de feijão branco
2kg de batatas cortadas ao meio
1kg de abóbora
500g de aipim, 500g de batata doce, 300g de nabo e 300g de inhame
1 repolho pequeno, 12 folhas de couve e 6 cenouras cortadas
1 molho de salsa e 1 de cebolinha
4 tomates picados e 6 inteiros
4 cebolas picadas e 6 inteiras
8 dentes de alho esmagados
2 pimentões verdes e 2 vermelhos cortados em tiras largas
6 ovos cozidos
4 folhas de louro
Sal e pimenta a gosto
Azeite de oliva ou manteiga
1kg de farinha de mandioca para o pirão

Modo de preparo
No dia anterior, coloque as carnes defumadas e a carne seca de molho para retirar o excesso de defumação e de sal. Em uma panela grande, refogue com azeite ou manteiga a cebola, o alho, os tomates picados e os pimentões. Em seguida, coloque a carne seca, os defumados, o músculo, a costela de boi, o peito de boi, o ossobuco e o feijão branco. Cubra tudo com água e deixe cozinhar até começarem a ficar tenros.  Após, coloque as raízes, legumes e vegetais, de acordo com o tempo de cozimento. Tenha o cuidado de ir retirando as que já estiverem no ponto de cozimento – feito no caldo que foi formado na panela. Confira o sal. Por último, coloque os ovos cozidos e junte tudo novamente na panela com cuidado. Adicione a salsa e a cebolinha e finalize colocando as folhas de couve como cobertura para manter a temperatura. Sirva com o pirão feito com o caldo do cozido

Leia mais:
Beto Barreiros: que tal provar mariscos com batatas fritas
Beto Barreiros: época de tainha, elas estão chegando
Beto Barreiros: “Um tributo à cozinha clássica francesa”