Mestre de torras e barista, Robison Chaves ministra cursos para formação de profissionais do café

Foto: Michel Téo Sin/Divulgação

Para quem busca uma nova oportunidade de profissão ou aperfeiçoamento num dos mercados de trabalho que mais crescem no país acontece nos meses de agosto e setembro três cursos para formação de baristas, o profissional especializado em cafés de alta qualidade, responsável pela extração perfeita e criação de novas receitas.

Os treinamentos serão para três níveis e têm duração entre quatro e 12 horas. O introdutório é para iniciantes e não há pré-requisitos. O intermediário é para quem já fez o curso iniciante e quer se aprofundar. Já o curso sênior é o mais completo, pois engloba o conteúdo dos dois primeiros.

As turmas são reduzidas para garantir a qualidade das aulas e o aprendizado (de quatro a 10 pessoas) e os cursos têm custo que variam de R$ 150 a R$ 900. Todas as capacitações ocorrem no Café Cultura LAB, na sede do Café Cultura, localizada Lagoa da Conceição.

O conteúdo será ministrado pelo mestre de torras e barista, Robison Chaves, que possui mais de 10 anos de experiência na área. Ele foi um dos profissionais precursores na capital catarinense no estudo do café especial, atuando em todas as frentes – da torra até xícara.

 

Calendário 

Curso introdutório
Datas:
10/08, 24/08, 07/09 e 21/09
Pré-requisitos: não há
Duração: 4 horas
Valor: R$ 150
Participantes: 8 a 10 pessoas
Inscrições AQUI

Curso intermediário
Data: 14/09
Pré-requisito: ter Curso de Barista Iniciante
Duração: 6 horas
Valor: R$ 450,00
Participantes: 6 a 8 pessoas
Inscrições AQUI

Curso Sênior
Datas: 13, 14, 15 e 16/08
Pré-requisitos: não há
Carga horária: 12 horas (divididas em quatro módulos de 3 horas)
Valor: R$ 900
Participantes: 4 a 6 pessoas
Inscrições AQUI
Conteúdo completo dos cursos AQUI

Informações: (48) 3771-1861 / marketing@cafeculturabrasil.com

Leia mais:

Tá na Hora do Café: Paula Varejão fala sobre as tendências de consumo da bebida no Brasil

3 bebidas quentes que vão além do café e do chá

Vai um “cafevinho”? Conheça o wine-coffee, combinação das duas bebidas