Após polêmica, Dead Kennedys diz que cartaz “não foi autorizado”, mas apaga post

Shows da banda no Brasil foram divulgados com pôster que fazia referências à política brasileira

Arte gerou polêmica pelo teor político. Foto: Reprodução/Facebook

O cartaz usado para anunciar os shows dos Dead Kennedys no Brasil “não foi autorizado” e “foi divulgado pelo promotor dos shows sem o conhecimento” da banda, segundo comunicado divulgado pelos membros do grupo em sua página no Facebook, na segunda à noite. No entanto, menos de uma hora depois de divulgar a nota, a banda apagou o post.

O texto foi publicado após o cartaz ter gerado forte repercussão, principalmente nas redes sociais brasileiras. O termo “Dead Kennedys” chegou a figurar no topo dos assuntos mais comentados no Twitter.

Protagonizada por uma família fantasiada de palhaço, vestindo camisetas parecidas com as da Seleção Brasileira e portando armas, a arte do ilustrador Cristiano Suarez traz várias referências à situação sociopolítica brasileira: figuram na imagem tanques de guerra ostentando bandeiras similares à do nazismo, mas com um cifrão no lugar da suástica. A família retratada também usa faixas pretas nos braços com o Sigma, letra grega símbolo do Movimento Integralista, movimento nacionalista de extrema-direita ativo no Brasil durante a primeira metade do século 20.

No comunicado, o Dead Kennedys dizia defender ideais “anti-fascistas e anti-violência”, mas que “sente que não sabe o suficiente a respeito das situações de outros países para se meter na sua política”. Vale lembrar que, desde que o grupo se separou, em 1986, o vocalista original e membro criador, Jello Biafra, que se tornou um dos símbolos da banda, não faz mais parte da formação. O vocalista atual, que vem para a turnê no Brasil, é Ron “Skip” Greer.

O grupo se apresenta no final de maio nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília e Belo Horizonte. Os ingressos estão à venda via Tudus, para a apresentação no Rio, e Ticket Brasil,para as outras regiões.

Confira o comunicado publicado na página oficial do Dead Kennedys no Facebook — e apagado menos de uma hora depois:

Chegou até nós, do Dead Kennedys, que um pôster foi divulgado promovendo os próximos shows da banda pelo Brasil. Esse cartaz foi divulgado pelo promotor sem o conhecimento do Dead Kennedys e não foi autorizado.

O Dead Kennedys é uma icônica banda americana de punk, conhecida por suas declarações políticas, e tem um forte posicionamento anti-fascista e anti-violência, entretanto, a banda sente que não sabe o suficiente a respeito das situações de outros países para se meter na sua política.

O pôster lançado recentemente não reflete um posicionamento político do Dead Kennedys. A mensagem básica da banda tem sido, e ainda é, a de pedir para que as pessoas pensem por conta própria, e não dizê-las como pensar.

Leia também:

Slash vem a SC: Relembre 10 grandes shows de rock no Estado

Músicos catarinenses desconstroem machismo no rock em novo single