Dia da saudade: sete nostalgias que todo mundo sente

Deu saudade quando as férias de verão duravam três meses? Foto: Dana Cristea, Divulgação

Por Camila Maccari, especial

Se você sente que tem data comemorativa para tudo, saiba que sim: 30 de janeiro é, no Brasil, o Dia da Saudade. Que é uma comemoração ótima, já que nos incita a relembrar aqueles momentos nostálgicos que marcaram nossa vida para sempre. E é bom celebrar saudades, elas fazem parte da nossa história, por menores que sejam os acontecimentos. O que conta é o significado que eles tiveram para você.

Listamos sete saudades que todo mundo sente pra lembrar junto da sensação boa que esses acontecimentos trouxeram. Confira:

As tardes fazendo qualquer coisa com as amigas

Lembra quando você não tinha que trabalhar tanto ou estudar tanto e curtia cada momento possível com os seus amigos? E curtir que dizer ficar juntos, jogados em um sofá, assistindo à Sessão da Tarde e conversando sobre qualquer coisa. Quantas vezes você não teve que responder à pergunta “mas que tanto que vocês fazem sempre juntos?” Era bom, mas nada que você não soubesse.

Férias de três meses a cada verão

A vida acontece e agora você fica até um pouco chocada com o tempo em que era impossível imaginar cumprir qualquer obrigação no verão. Porque verão era sinônimo de férias e, por mais que você não passasse o tempo na praia, com certeza fazia o mínimo de esforço possível. Lembra desses dias e pense que você já estava compensando antecipadamente o monte de atividade que faz agora.

A primeira viagem com os amigos

Pode ser que você já nem tenha mais contato com esses amigos, mas eles sempre serão aquelas pessoas que compartilharam a primeira viagem de turma com você. E pode ser também que você nem lembre muita coisa do que de fato aconteceu nessa viagem, mas a sensação de aventura e liberdade que um acontecimento assim traz são inesquecíveis.

A primeira vez que você se apaixonou

A ansiedade boa que veio com a primeira vez que você percebeu ter se apaixonado é inesquecível. Você provavelmente se apaixonou mais vezes depois disso, mas a sensação de que a vida é bela e a alegria constante da primeira vez sempre deixam saudade.

O primeiro salário

Foto: Aris Sfakianakis, Divulgação

Você trabalhou muito e, talvez, o primeiro salário não fosse tão justo assim, mas a sensação de autossuficiência que veio com aquelas primeiras notas na conta bancária é incrível. Poder entrar numa loja e comprar algo que você quisesse muito ou um presente para quem você amava foi o primeiro passo de se tornar adulto e o sentimento claramente é de poder.

Quando tinha um episódio inédito de Friends toda semana

Se você não viu Friends – em que mundo você vive? – pode sentir saudade de qualquer outra série que amou demais. Como era maravilhoso acompanhar toda semana um episódio novo de séries como Gilmore Girls, Dawson’s Creek e, claro, Friends. Chega a dar vontade de poder esquecer tudo e assistir cheio de surpresas tudo de novo.

A primeira vez em que você morou sozinha

Aquela sensação depois da mudança, quando todo mundo que estava ajudando foi embora e você ficou, finalmente, sozinha em sua nova casa. Fechar a porta atrás de si e olhar para aquele mundo só seu representou o monte de possibilidades com as quais você sonhava.

Leia também

Vanessa Tobias: termine projetos antigos antes de colocar novas

Doses de felicidade: conheça histórias de quem adotou a prática de esportes como estilo de vida