Verde Express: dicas para cuidar das suas plantas

plantas
Questão de proporção: as plantas podem crescer bastante, então, quando as expor numa estante, conheça bem seu porte e sentido de crescimento. Foto: Darlene Bertolini / Divulgação

Antes de comprar plantas para sua casa, é essencial conhecer bem o espaço que as receberá e ter noções básicas de jardinagem. A arquiteta e paisagista Ana Trevisan compartilha com a gente um pouco de seu conhecimento sobre o tema. 

Cultivar plantas em casa deixou de ser hábito somente da “ casa da vó”. 
As pessoas, de uma maneira geral, estão buscando se  reconectar com as plantas, numa chamada “febre-verde”.

Os jovens, principalmente os” milennials” , como é chamada a geração nascida entre 1980 e final de 1990, são movidos pelos computadores e celulares e estão conectados com as redes sociais, principalmente o Instagram. Por isso são inspirados pelo que há de popular no momento: comida, roupa, decoração, e também plantas.

1) TENDÊNCIA – o conceito “urban jungle” está em alta e consiste em encher o seu lar com plantas de todos os tipos.

2) POUCA OU MUITA LUZ – saiba sobre a incidência da luz no local onde quer colocar o verde. Costumamos dividir as plantas em três tipos: de sol pleno, de meia-sombra e de sombra. Então saiba o quanto de luz recebe o local, para saber qual tipo de planta é mais indicada.

3) SABER ESCOLHER A ESPÉCIE –  no momento da compra, troque informações com o vendedor sobre como e o local que receberá a vegetação, leve foto. Não compre só pela estética, mas também pelo tipo de luz adequada, pelo que cabe no seu ambiente e na sua rotina.

4) PLANTA É SER VIVO – portanto, ela requer cuidados e observação. Observe seu comportamento e como estão as folhas. Se mesmo com os cuidados a planta estiver mal, considere mudá-la de lugar. Dê atenção também às estações do ano, pois a rega varia de acordo com elas.

5) REGA – a  melhor forma de saber quando regar é simples: usar o dedo. Você pode verificar com ele se as camadas de terra um pouco mais profundas estão úmidas. Caso estejam, aguarde, pois o excesso de água pode apodrecer as raízes. Apesar de cada espécie possuir uma preferência, é difícil errar seguindo esse esquema: duas regas por semana no verão, e uma no inverno, sempre de manhã.

6) ADUBAÇÃO –  já que as plantas não se auto-adubam, é super-importante repor os seus nutrientes, seja de forma orgânica ou química.

Leia mais:
Sandro Clemes: casa em tons de verde
Sandro Clemes: a palavra de ordem hoje é produzir em coletivo
Sandro Clemes: só a arte salva