Emilim Schmitz: Turismo na Califórnia além da Big Sur

Big Sur - Foto Fred Schroeder, divulgação

A Big Sur sua bela vista – Foto Fred Schroeder, divulgação

Está de viagem marcada para a Califórnia? Então pode comemorar! Parte de Big Sur, trecho considerado mais bonito da Highway 1 e que estava interditado desde fevereiro por causa das chuvas, foi reaberto nesta semana. Com a finalização das obras na ponte Pfeiffer Canyon, os viajantes ganham mais 35 milhas para apreciar algumas das paisagens mais deslumbrantes da Costa do Pacífico, entre elas, a Mcway Falls – aquela cachoeira maravilhosa que deságua na praia do Julia Pfeiffer Burns State Park – , a lindíssima praia Dollar Sand e outros lugares encantadores.

Mesmo assim, não será possível completar toda a viagem pela região. Equipes seguem trabalhando para recuperar o trecho onde ocorreu um gigantesco deslizamento de terra e não há previsão de reabertura completa. O trajeto do ponto norte de Salmon Creek ao sul da Ranger Station seguirá bloqueado.

Mas isso não é motivo para desanimar. A dica é: faça o percurso Los Angeles a San Francisco pela 101. A rodovia é repleta de vinícolas maravilhosas. Eu sugiro a Roblar Winery (3010 Roblar Ave, Santa Ynez). No acesso à vinícola você já avista os parreirais e a sede de madeira toda imponente. No interior há uma lojinha repleta de vinhos, azeites, patês e outras iguarias produzidas na região. Os simpáticos atendentes vão te deixar supertranquilo, oferecendo provas e explicando as características de cada vinho. Tem ainda um ambiente externo repleto de verde com sofás de couro e mesinhas rústicas para quem quiser se acomodar e degustar o vinho escolhido. Se for o motorista da rodada, leve algumas garrafas na mala, você não vai se arrepender.

Carmel no roteiro

Mas e Big Sur, Emilim, como faço para ver? Coloque Carmel no seu roteiro e durma pelo menos duas noites nessa cidadezinha de boneca da costa californiana. Por ali você terá acesso a uma parte da estrada que segue aberta. O trecho não interditado fica entre Carmel e o Point Sur Light Station, um farol cheio de personalidade colado no Oceano Pacífico. A Bixby Bridge é o ponto alto desse trajeto. A ponte, que tem um vão central único e gigantesco, rende fotos maravilhosas. Não hesite em fazer as trilhas que aparecerem pelo caminho. Tudo é muito lindo e relaxante. Cada parada vale a pena!

Refizemos recentemente essa viagem à Califórnia e confesso que bateu uma tristeza quando soube da interdição de parte de Big Sur. Mas durante a viagem, fiquei feliz com a possibilidade deste outro trajeto, que nos permitiu explorar, conhecer e nos encantar com novos lugares e experiências.

Super recomendo!

Veja mais dicas de roteiros por Emilim Schmitz