Lidiane Amaral: entrando em forma após a gestação

Foto: Agência RBS

Por Lidiane Amaral – esteticista

São muitas as mudanças no corpo da mulher após a gestação, estrias, flacidez e alguns quilos extras são algumas delas. Recuperar a forma nem sempre é uma tarefa rápida, e isso é absolutamente normal, afinal o corpo sofreu muitas alterações ao longo dos nove meses. Como cada mulher tem um tempo para isso, é importante respeitar os limites do corpo.
As alternativas para proporcionar bem-estar e elevar a autoestima no pós-parto são inúmeras. Eu, que também sou mãe, selecionei algumas dicas:

Retenção Hídrica
Para isso não há nada melhor que a drenagem linfática. E na maioria das vezes já pode ser feita logo após o parto, inclusive algumas maternidades tem profissionais que oferecem esse serviço, mas é claro, tudo isso com a liberação médica. Os benefícios da drenagem vão muito além da estética, ela melhora a circulação sanguínea, reduz a retenção de líquidos diminuindo o inchaço típico da gravidez, ajuda a estimular a produção de leite, combate a celulite, proporciona relaxamento e fortalece o sistema imunológico, pois elimina toxinas.

Modelar o Corpo
Para recuperar a silhueta a grande novidade do mercado é a Massoredux. A junção de massagem modeladora e drenagem linfática atua principalmente na gordura localizada, celulite e sistema circulatório. E enquanto a modeladora age na redução de gordura localizada a drenagem age no aumento da circulação diminuindo o inchaço e auxiliando o sistema linfático.
Essa massagem por ser mais vigorosa precisa de mais atenção, em caso de parto normal o recomendado é começar após 30 dias e após três meses para quem fez cesariana.

Esculpir e tonificar o corpo
Além da gordura localizada e celulite, ainda tem a flacidez, principalmente no abdômen e glúteos. Uma alternativa para isso é o Método Lipo Redux, um tratamento desenvolvido por mim especialmente para o pós-parto. Ele ajuda a esculpir o corpo e proporciona firmeza e tonificação muscular, além de tratar simultaneamente a gordura localizada, celulite, flacidez de pele e muscular. São realizadas sessões de terapias combinadas com três equipamentos, o Ultra Cavity, conhecido também como Lipo sem cortes, é um ultrassom de alta potência que faz lipólise na célula de gordura, a Radiofrequência, que estimula o colágeno e a elastina, melhorando a flacidez de pele e a Eletroestimulação Russa, que proporciona tônus muscular.
Os resultados começam a ser visíveis após a terceira sessão, e pode ser iniciado após 40 dias após o parto e com liberação médica. São necessárias uma média de oito sessões para um resultado satisfatório.

Pilates
Para a fisioterapeuta Mônica Alves da Silva, os benefícios de se praticar o pilates no pós-parto vão além de corrigir posturas, fortalecer o abdômen e o assoalho pélvico, geram sensação de bem estar e prazer, melhora da qualidade do sono, alívio das dores, recuperação da força e forma física, permitindo que a mulher possa encarar positivamente todas as mudanças geradas pela gestação evitando a depressão pós-parto.

Exercícios pós-parto
Além das questões corporais, a personal trainer Raphaela Drapischinki Carvalho, explica que o exercício físico contribui muito para a melhora da autoestima feminina. E sabendo que a prática regular de exercícios gera um aumento na produção de neurotransmissores como a serotonina e a endorfina, pode-se afirmar que os mesmos também auxiliam na prevenção a tão temida depressão pós-parto. No entanto, para ter uma rotina de exercícios no pós-parto exige alguns cuidados e também liberação médica.

Cuidados com alimentação
Esse é um momento bem delicado na vida da mulher, onde os hormônios estão a flor da pele e podemos ficar ansiosas ou deprimidas e como fuga, descontar na comida.
De acordo com a nutricionista, Luana Zapelini, nesta fase o nosso corpo está sedento por nutrientes, e precisamos nos recuperar do parto e também nutrir o nosso bebê!
“Se a mãe está amamentando precisa consumir em torno de 500kcal a mais ao dia para suprir as necessidades”, destaca Luana.
E para isso é preciso priorizar a comida de verdade, ou seja, frutas, verduras, de preferência orgânicos, que possuem em torno de 98% mais nutrientes.
Excluir: o consumo de alimentos industrializados, os carboidratos refinados como: farinhas brancas, pães, massas, açúcar, biscoitos, entre outros e substituir por carboidratos de baixo índice glicêmico como raízes, grãos, verduras.
Aumentar: o consumo de proteínas como: peixes, frango, ovo, carnes, e veganas como quinoa, leguminosas, gorduras boas como abacate, azeite, óleo de coco, oleaginosas que além de aumentar o ganho de massa muscular, elasticidade e enrijecimento da pele, promovem saciedade. E aumentar também a ingestão de água, em torno de três litros ao dia.
Reduzir: o consumo de alimentos inflamatórios como leite e derivados, glúten, açúcar, sal e alimentos ultraprocessados.

 

Leia também:
Alisar os fios, reduzir frizz e manter as madeixas saudáveis

Lidiane Amaral
Esteticista e empresária. Ao longo dos 15 anos que atua na área da estética e beleza, desenvolveu diversos tratamentos com o objetivo de trazer resultados satisfatórios e que ajudem a melhorar a autoestima da mulher. Com dedicação e trabalho se tornou uma profissional diferenciada e de referência na Grande Florianópolis. Atualmente conta com uma equipe altamente qualificada, que segue os métodos desenvolvidos, e que tem o propósito de proporcionar uma experiência de beleza única, com foco no resultando, respeitando sempre a individualidade de cada cliente.