Ex de Caio Junqueira, Gisele Itié escreve texto emocionante em homenagem ao ator

Em sua conta no Instagram, Gisele publicou uma série de fotos de momentos do casal

Foto: Gisele Itié e Caio Junqueira namoraram por sete meses. Foto: Reprodução / Instagram @gitie

A atriz Gisele Itié fez uma linda homenagem ao ex-namorado, o ator Caio Junqueira, que morreu nesta quarta-feira (23), aos 42 anos. Os dois namoraram por sete meses.

Em sua conta no Instagram (@gitie), Gisele publicou uma série de fotos de momentos do casal e escreveu:

 “aqui chove a la “sunday smile”
e dói
como dói
só queria te abraçar forte e dizer o quanto você é e sempre foi amado por todos nós!
até quem não te conhecia já te amava…
vou me esforçar para focar no que uma DEUSA me disse hoje
“situação de merda.. Mas é isso, é só matéria que vai embora. a energia é infinita. tá aí agora, rodando pelos ares livre, encostando na gente, cuidando da gente. A comunicação agora é de outro modo. de olho fechado, com o coração…” (tá difícil de acreditar) ❤ “

O post teve mais de 75 mil likes. Vários famosos se manifestaram após a morte do colega, entre eles as atrizes Deborah Secco, Fernanda Paes Leme, Bianca Rinaldi, Vanessa Gerbelli, Emanuelle Araújo e Guta Stresser.

Caio estava no Hospital Miguel Couto desde o dia 16, quando bateu o veículo contra uma árvore e capotou. O falecimento do ator foi confirmado pela Secretaria de Saúde do Rio na quarta-feira, 23. O corpo será sepultado nesta quinta, 24.

caio junqueira
Caio viveu o aspirante 06 em “Tropa de Elite” (Foto: Reprodução/Youtube)

Ator atuou no cinema e na TV

Caio pertencia a uma família de atores: era filho do ator Fábio Junqueira (1956–2008) e irmão por parte de mãe do ator Jonas Torres, que fez o papel de Bacana na série Armação Ilimitada(1985). A influência fez com que Caio começasse cedo: aos nove anos, atuou na série Tamanho Família (1985), exibida na extinta TV Manchete.

Na Globo, Caio atuou nas novelas Barriga de Aluguel (1990), A Viagem (1994) e O Clone (2001) além de séries como Desejo (1990), Engraçadinha (1995), Hilda Furacão (1998) e Chiquinha Gonzaga (1999).

No cinema, participou de produções de destaque: atuou em Central do Brasil (1998), Abril Despedaçado (2001) e no sucesso de público Tropa de Elite (2007), no qual interpretou o obstinado Neto, amigo do coprotagonista André Mathias, ambos policiais aspirantes sob o comando do Capitão Nascimento vivido por Wagner Moura.

Leia também: 

Morre o ator Caio Junqueira, uma semana após acidente de carro