Exposição inédita no Brasil, “2.8 Seta-Re”chega a Joinville para celebrar a Itália com arte em seda

Foto Camila Cornelsen, divulgação

 

Diferentes facetas da Itália retratadas com muita arte num suporte inusitado: lenços de seda, também chamados de “foulards”. É isto que traz para Joinville a exposição “2.8 Seta-Re”, que chega ao Brasil após ter sido apresentada em cidades italianas. A mostra fica em cartaz entre os dias 30 de maio e 9 de junho, com entrada gratuita, no Instituto Juarez Machado.

A exposição faz parte da programação oficial do Mia Cara 2019, evento que celebra a cultura italiana. Na mostra “2.8 Seta-Re”, quatro artistas foram convidados a criar estampas que apresentassem diferentes aspectos da cultura daquele país, tendo como curadoras a curitibana Consuelo Cornelsen e a italiana Nadia Calzolari. A mostra reúne trabalhos dos artistas Fernando Canalli, André Brik, Eduardo Bragança e Thiago Goms.

A “2.8 Seta-Re” traz um intercâmbio entre os países e formas de expressão.

– O mundo não tem mais fronteiras. Hoje, tudo converge: arte, inovação, história, conhecimento, tecnologia, culturas, Itália e Brasil, Santa Catarina e Bologna, seda e arte. Esse é um projeto inspirado nessas convergências, que busca criar novos pontos de contato e troca entre culturas diferentes – explica a curadora Consuelo Cornelsen.

A mostra foi apresentada inicialmente na Itália, em províncias como Reggio Emilia e Correggio, no Palazzo della Seta, e na FICO Eataly World, um dos maiores polos turísticos voltado à gastronomia da Itália. Agora, chega ao Brasil com 16 desenhos de cada um dos quatro artistas. O nome da exposição faz referência à data e ao local onde a seda chegou na Itália. Segundo a história, no dia 2 de agosto de 1502 a nobre italiana Lucrécia Bórgia levou a seda para o país europeu. Seta significa seda, em italiano. O “Re” faz alusão à região de Reggio Emilia.

 

SERVIÇO

A exposição “2.8 Seta-Re” ficará em cartaz entre os dias 30 de maio e 09 de junho, no Instituto Juarez Machado (Rua Lages, nº 994).

A mostra pode ser visitada gratuitamente, de terça a sábado, das 10h às 18h30, e aos domingos, das 15h às 18h30.

Mais informações no site www.miacara.com.br

Leia mais:
Ações artísticas, educativas e culturais durante a 5ª Semana da Dança UFSC, de 27 a 31 de maio
Cultura e tradição marcam a Festa do Divino Espírito Santo que acontece neste sábado na Capital
Cultura “Lixo Zero” já: Restaurante catarinense foi destaque no “Mais Você”