Fernanda Gentil fala sobre machismo nos estádios: “Se perdem, te chamam de piranha”

Jornalista falou sobre ter vivido situações chatas em estádios

Foto: Reprodução/Instagram

Fernanda Gentil será um dos principais nomes na cobertura da Copa do Mundo e tem falado com frequência sobre o machismo no mundo do esporte. Ela faz parte do movimento #DeixaElaTrabalhar, com mais de 50 jornalistas esportivas de todo o Brasil, que expõe as agressões e o assédio a que são submetidas no exercício da profissão.

Detalhes do pouso nas minhas historias. // Details of the pause on my stories.

Uma publicação compartilhada por Fernanda Gentil – Oficial (@gentilfernanda) em

 

Em entrevista à Marie Claire, a jornalista e apresentadora do Esporte Espetacular falou sobre ter vivido situações de machismo em estádios e pouco dentro do jornalismo.

– Dentro do trabalho, nunca senti machismo, até porque metade das redações é de meninas. Mas no campo era outra história. No começo do jogo, a torcida te chama de gostosa. Se o time perde, você imediatamente vira piranha. Isso tirei de letra no dia a dia, estava focada no meu trabalho. Aos poucos, as mulheres vêm ocupando seu espaço. Ainda é difícil, mas não é impossível – disse à publicação.

Leia mais:

Comédia da Netflix inverte os papéis para falar de machismo

Serena Williams comenta traje de Pantera Negra