Fim do “Vídeo Show”: relembre quem comandou o programa

Emissora anunciou que atração terá a sua última edição nesta sexta-feira (11)

Miguel Falabella
Miguel Falabella apresentou mais de 2.500 edições do "Vídeo Show". Foto: Divulgação/Globo

Em 20 de março de 1983, tinha início o Vídeo Show, comandado, então, pela atriz Tássia Camargo. No começo, a ideia era mostrar os momentos mais marcantes da trajetória da Globo, que chegava aos 18 anos de história, em uma atração especial nas tardes de domingo.

Leia também: “Vídeo Show” chega ao fim após 35 anos no ar

Nos quatro anos seguintes, mais de 60 atores do elenco de telenovelas da Globo apresentaram o programa. Grandes nomes da dramaturgia nacional, como Tony Ramos, Fernanda Torres, Paulo José, Patrícia Pillar e Malu Mader, se revesaram em frente às câmeras, enquanto a atração encontrava sua identidade.

A partir de 1987, contudo, o Vídeo Show sofreu uma guinada. Marcelo Tas passou a liderar a atração, exibida nas tardes de sábado, enquanto também interpretava o personagem Cabeça Branca. Com quadros como Micro Especial Musical, com videoclipes, e A TV no Mundo, que mostrava como eram os programas televisivos em outros países, a fase não durou muito.

No mesmo ano, Miguel Falabella entrou em cena e mudou a história da atração. Por 15 anos à frente do programa, ele apresentou 2.618 edições do Vídeo Show. Durante este período, muito mudou na concepção do projeto, que passou a ocupar um lugar diário na grade da Globo, com quadros tradicionais como o Falha é Nossa e Túnel do Tempo.

Em 2002, foi a vez de André Marques assumir o comando do programa, marcando o início de uma nova era para o programa. No ano anterior, Angélica também estreara na produção, com o game show Vídeo Game, e os dois passaram a comandar as tardes na emissora.

Quase uma década depois, em 2011, a atriz Ana Furtado passou a acompanhar Marques na apresentação do programa. Pouco mais de dois anos se passaram e, em 2013, ele saiu do comando do Vídeo Show, após 13 anos liderando a atração. Na mesma época, Furtado foi substituída por Zeca Camargo, depois de um pequeno período no qual os repórteres se revesaram na apresentação. Em 2014, Otaviano Costa passou a dividir a bancada com Zeca.

Em 2015, mais mudanças: o programa voltou a ser ao vivo e a apresentação ficou a cargo de Monica Iozzi e Otaviano Costa. Nos anos seguintes, atores como Joaquim Lopes, Giovanna Ewbank, Sophia Abrahão e Maíra Charken passaram pela bancada, de forma temporária.

Por fim, em julho de 2018, Vivian Amorim e Fernanda Keulla assumiram o comando da atração, ao lado de Sophia Abrahão, até o retorno de Joaquim Lopes, em novembro, quando as duas se despediram para voltar aos quadros da nova edição do Big Brother Brasil.

Despedida

Miguel Falabella foi uma das primeiras celebridades a se pronunciar a respeito do fim do Vídeo Show. O ator foi responsável pela apresentação da atração diária na Rede Globo entre 1987 e 2001 e ficou eternizado por sua despedida característica utilizando os dois braços.

Em publicação no Facebook, Falabella escreveu que sente “amor e gratidão” e que foi “um prazer e uma honra ter vivido o que vivi nesse programa”.