Fique atento! Cuidado com os dias mais quentes e a hidratação das crianças

Foto Ricardo Wolffenbüttel/Diário Catarinense

Com os dias quentes e temperaturas elevadas, a ingestão de líquidos do seu filho precisa ser um pouco maior do que o normal, e a alimentação também merece atenção. Por conta do calor intenso as crianças perdem muito líquido pela transpiração e pela urina, com isso, é importante não esperar que o seu filho peça um copo de água para você.

Nós adultos necessitamos beber ao menos 2 litros — 8 copos de água por dia —, as crianças precisam de pelo menos 1 litro — 4 copos por dia — para se manter hidratado e para o intestino funcionar corretamente. Pensando nisso, resolvemos dar algumas dicas simples e bem importantes para colocar em prática nesses dias quentes:

  • A água é o principal alimento, então não espere ele pedir, ofereça! De preferência em pequenas quantidades, em temperatura ambiente ou mais gelada.
  •  Evite refrigerantes e sucos de caixinha, pois eles têm açúcar e sabemos o quão mal faz a saúde.
  • Sucos naturais também precisam ser consumidos com moderação, lembre-se que crianças de 1 a 5 anos bebem em torno de 120 a 150 ml/dia.
  • Água de coco também é uma boa pedida, mas fique de olho nos ingredientes, quando for comprar de caixinha; alguns são adicionados de açúcar.
  • As frutas, verduras e legumes são ótimas para hidratar pois tem fácil digestão e possuem água na sua composição.
  • Cuidado com o sol, pois ele pode deixar as crianças desidratadas.
  • Cuidado com a lancheira do seu filho, priorize os alimentos leves e que possam ser conservados corretamente.
  • Bebês que se alimentam de leite materno não necessitam beber água até os seis meses.
  • Aproveite e faça receitinhas refrescantes com as crianças, em outra coluna ensinamos como fazer algumas receitas deliciosas e saudáveis. Confira AQUI.

Leia também:

Como começar o ano com o pé direito e hábitos alimentares mais saudáveis

Conheça alimentos que ajudam no bronzeado e aprenda duas receitas de sucos com a cara do verão

Leia mais colunas de Carol Bandeira e Silvia Ozcariz