Florianópolis recebe exposição fotográfica e palestra “De Peito Aberto”

Exposição promove conscientização sobre o câncer de mama e a importância da humanização da medicina por meio de imagens fotográficas e textos

Fotos: Hugo Lenzi, divulgação

De 1º a 13 de outubro acontece a exposição fotográfica “De Peito Aberto – a autoestima da mulher com câncer de mama, uma abordagem humanista”, no piso L2, no Beiramar Shopping, em Florianópolis. A Exposição sociocultural De Peito Aberto retrata homens e mulheres que enfrentam ou enfrentaram o câncer de mama, além de colocar em foco a humanização da medicina em geral.

Com exposição fotográfica, palestra e ações nas redes sociais, o projeto mostra a doença sob uma perspectiva mais humana e sensível – uma iniciativa da jornalista e escritora Vera Golik e do fotógrafo e sociólogo Hugo Lenzi, após vivenciarem casos de câncer em suas próprias famílias.

Com mais de 70 exposições e 350 palestras pelo Brasil e ao redor do mundo, De Peito Aberto recebeu mais de oito milhões de visitantes, e aproximadamente 25 milhões de pessoas tiveram acesso às informações sobre o tema por meio da mídia. E mais de 15 milhões de internautas foram impactados pelo projeto nas redes sociais.

As imagens da exposição mostram as histórias de mais de 50 mulheres e alguns homens de todo o Brasil, dos Estados Unidos, de Portugal e da Espanha, entre 18 e 90 anos, de  diversas origens, etnias e classes sociais. Elas captam as emoções vividas por essas “guerreiras e guerreiros” em cada uma das etapas do câncer.

De Peito Aberto foi a única mostra convidada e exposta em toda a história na sede das Nações Unidas, em Nova York, durante o período da Assembleia Geral. Foi apresentada em 2011, durante o Encontro Mundial de Alto Nível sobre Doenças Crônicas Não Transmissíveis e a 66ª Assembleia Geral das Nações Unidas.

Durante o período da Exposição também irá acontecer a Palestra Interativa, em 10 de outubro de 2019, às 19h no Cine Show, piso L4, do Beiramar Shopping. O evento promove um diálogo em que os autores, pacientes, profissionais de saúde, familiares e a população em geral podem conversar sobre o tema. A informação ajuda a desconstruir mitos e paradigmas que envolvem a doença.

O Projeto De Peito Aberto tem como meta estimular uma nova conduta em relação ao enfrentamento do câncer de mama e oferece informação de qualidade sobre a doença.  Desde 2006, De Peito Aberto vem sendo apresentado em todo o Brasil e no exterior, e agora estará em Florianópolis no mês do Outubro Rosa.

Entre os vários temas que são colocados em foco na exposição estão: a humanização da medicina e a conduta médico-paciente, a relação entre pacientes, familiares e amigos e os direitos de pacientes portadores de doenças graves.

Como lidar com os fatores que afetam sua autoestima — reconstrução mamária; perda de cabelo; modificações na aparência; ameaça à fertilidade; redução da libido, entre outros.

Realização, patrocínio e apoios

O Projeto “De Peito Aberto” é realizado pelo IDVH – Instituto de Desenvolvimento e Valorização Humana, que é membro da FEMAMA — Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama.

Nessa nova jornada pelo sul do país, conta com o patrocínio da Droga Raia e da Novartis, via Lei Rouanet de Incentivo à Cultura da Secretaria Especial da Cultura – Ministério da Cidadania.

Em Florianópolis conta também com o apoio da AMUCC, importante organização que trabalha pelos direitos das pacientes com câncer; e do Beiramar Shopping.

Serviço

Exposição fotográfica “De Peito Aberto – a autoestima da mulher com câncer de mama, uma abordagem humanista”
Quando: 1º a 13/10/19
Onde: Beiramar Shopping – Piso L2 – área nova (R. Bocaiúva, 2468 – Centro, Florianópolis)
Horários: segunda a sábado, das 10h às 22h; Domingos das 11h às 22h.

Palestra interativa
Dia 10 de Outubro, quinta-feira, das 19h às 21h – Palestra Interativa “De Peito Aberto – a autoestima da mulher com câncer de mama, uma abordagem humanista”
Local: Cine Show, piso L4, cinema do Beiramar Shopping.
Entrada Franca.

Leia mais:

Autora catarinense retrata situação dos refugiados

Fashion Revolution: mais transparência, sustentabilidade e consciência dentro da moda