“BBB 19”: Gabriela quer se unir a Rodrigo em processo contra Paula por intolerância religiosa

Eliminada do Big Brother Brasil neste domingo, paulista falou sobre as denúncias contra a sister

Gabriela foi eliminada após receber 60% dos votos neste domingo. Foto: TV Globo / Divulgação

Em entrevista ao Mais Você, na manhã desta segunda-feira (8), Gabriela disse que irá se juntar a Rodrigo no processo contra Paula, que está sendo investigada por intolerância religiosa após dizer algumas frases polêmicas dentro do Big Brother Brasil. Na sexta-feira passada, o ex-colega de confinamento prestou um depoimento à Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), no Rio de Janeiro.

— Vi uns vídeos bem polêmicos nessa madrugada, que eu vou fazer algumas coisas (a respeito). Principalmente, sobre intolerância religiosa, porque eu acho que respeitei tudo lá dentro, Ana. E me chocou um pouco. Então, vou conversar com o Rodrigo e daqui pra frente são outras coisas — disse Gabriela, em bate-papo com Ana Maria Braga.

Na semana passada, Rodrigo falou sobre as investigações e a importância de se levar a denúncia adiante. No BBB, Paula falou que tinha medo do brother por ele lidar “com esse negócio de Oxum” e falou que “nosso Deus é maior”. No mesmo dia em que falou sobre a situação na delegacia, o participante oficializou a queixa contra a mineira.

— Mais uma vez se coloca o candomblé como algo maligno, perverso, sem o cuidado de se perguntar sobre o que se fala. Não é só desconhecimento, é maldade mesmo. Não é só por mim, é por todo um povo, uma população que cultua algo e é desrespeitada. Sempre temos casas de axé que são apedrejadas, e eu não posso me calar de forma alguma. Não seria eu. Talvez tenha entrado nesse programa pra isso — comentou Rodrigo, também durante sua entrevista ao Mais Você, na semana passada.

Neste domingo, Gabriela foi eliminada do reality show após registrar 60,64% de rejeição, em paredão disputado com Rízia.

Leia também: 

“BBB 19”: família de Rodrigo pede que Paula seja interrogada por acusações de racismo

Na reta final do BBB 19, um papo com Daniela Spillere, a irmã de coração do catarinense Alan